25/11/2020 às 08h00min - Atualizada em 25/11/2020 às 08h00min

MUnA disponibiliza acervo artístico na internet

Obras podem ser acessadas pelo novo portal do museu

IGOR MARTINS
Mais de 750 itens do acervo estão disponíveis no www.acervomuna.com.br | Foto: Eduarda Cardoso

O Museu Universitário de Arte da Universidade Federal de Uberlândia (MUnA/UFU) conta, a partir de agora, com um acervo artístico totalmente digital. O novo portal do museu, que pode ser acessado pelo endereço www.acervomuna.com.br, disponibiliza mais de 750 obras que compõem o acervo da instituição museológica.

A ação faz parte do projeto “MUnA Online: do museu para o mundo”, contemplado pelo edital do Programa Municipal de Incentivo à Cultura (Pmic) 2020 e tema de uma entrevista feita em abril deste ano pelo Diário com a atual gestora do museu, Tatiana Ferraz. O novo portal permite que o público consulte todas as obras do acervo, podendo realizar pesquisas por diferentes filtros, como título, autor, ano e técnica.

“A ideia é divulgar todas as obras que compõem o nosso acervo. Nós temos 750 itens e nem sempre a gente pode expô-los porque temos outras coisas dentro da programação de exposições do MUnA e outros eventos. Achei que o acervo estava pouco divulgado, e quando eu entrei no museu fiquei com essa vontade de tocar esse projeto para dar mais visibilidade ao nosso acervo”, disse Tatiana.

Ainda em relação às obras divulgadas no novo acervo digital, os trabalhos exibem em sua catalogação itens como o local de produção, data, dimensões, tiragem, inscrições, tema e método.

Além disso, o novo projeto do museu conta com mais duas ações: a coleção “Olhando para a obra”, material didático voltado a professores do ensino fundamental, com propostas de atividades sobre obras de destaque do acervo; e uma série de depoimentos de professores do curso de Artes Visuais da UFU, comentando obras da coleção. Todas as seções podem ser conferidas no novo site do MUnA.

“O acervo na internet cumpre o papel de aproximar o museu do seu público. Eu espero que a gente continue com esse projeto no ano que vem. A implementação desse acervo digital faz com que tenhamos uma melhor gestão interna e faz com que essas obras possam ser vistas e pesquisadas por qualquer um, e de modo remoto, então qualquer um pode visitar o acervo do museu da sua própria casa”, explicou a gestora do MUnA.


VEJA TAMBÉM:

'Valentina' fatura quatro prêmios no Festival Mix Brasil


Dia da Consciência Negra é celebrado com exposições em Uberlândia

 


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »