23/10/2020 às 12h13min - Atualizada em 23/10/2020 às 12h13min

PRF prende homem suspeito de integrar quadrilha de roubo de ônibus na região

Autor chegou a trocar tiros com os policiais e foi baleado na BR-153; ocorrência foi destinada à Polícia Federal de Uberlândia

DA REDAÇÃO
Uma espingarda calibre 12 carregada, dois coletes à prova de bala e diversas munições calibre 38 e 12 foram apreendidas | Foto: PRF/Divulgação

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Uberlândia prendeu, na noite desta quinta-feira (22), um homem de 49 anos suspeito de pertencer a uma quadrilha que realiza assaltos a ônibus na região do Triângulo Mineiro. O autor foi abordado na BR-153, no município de Prata, após trocar tiros com os agentes federais e ser baleado. 

 

De acordo com a ocorrência, os policiais faziam um patrulhamento de rotina na rodovia quando, por volta das 23h, deram ordem de parada para um carro com as mesmas características do utilizado pelos assaltantes dos ônibus. O condutor do veículo desrespeitou a ordem e acelerou pela via.

 

Durante a perseguição, os três indivíduos que ocupavam o carro dispararam contra a viatura policial. Os agentes da PRF revidaram os tiros e a perseguição durou cerca de 4 quilômetros, quando o veículo parou em uma estrada vicinal e os autores começaram a correr para dentro de uma plantação.

 

Após buscas nas proximidades, os policiais encontraram o homem baleado no braço, ombro e abdômen. Ele foi socorrido até o Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (HC-UFTM) em Uberaba.

 

Dentro do carro foram localizados uma espingarda calibre 12 carregada, dois coletes à prova de bala e diversas munições calibre 38 e 12. Após consulta nos sistemas, verificou-se que o veículo foi roubado na cidade de São Joaquim da Barra (SP).

 

Além disso, os policiais constataram ainda que o homem preso já havia sido detido em julho de 2019 suspeito de estar envolvido em um roubo a ônibus na BR-050, na região de Uberaba. A ocorrência foi entregue junto ao veículo e o material apreendido na Polícia Federal de Uberlândia para condução das investigações.


VEJA TAMBÉM:

 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »