21/10/2020 às 10h24min - Atualizada em 21/10/2020 às 12h37min

​Polícia prende envolvidos em execução de dono de supermercado em Uberlândia

Autores foram presos no estado do Espírito Santo; PM aponta que motivação do homicídio foi dívida de drogas

DA REDAÇÃO
Armas foram apreendidas com os dois autores no Espírito Santo | Foto: PRF/Divulgação
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu os dois autores envolvidos na morte de um comerciante de 30 anos, no último domingo (18), dentro de um supermercado no bairro São Jorge. A informação foi confirmada pela Polícia Militar (PM) de Uberlândia na manhã desta quarta-feira (21).

A dupla foi presa em flagrante na cidade de Viana (ES) pelos crimes de porte ilegal de arma de fogo, posse de explosivos, falsidade ideológica e por crime previsto no Código de Trânsito Brasileiro. 

Os militares da Rede de Prevenção a Homicídios (RPH) do 17º Batalhão da Polícia Militar já tinham conhecimento de que os autores eram do Espírito Santo e de que a motivação da execução da vítima era uma dívida de drogas, por isso, vieram até Uberlândia para cobrá-la. 

Após contato com a PRF e Polícia Federal da localidade, os policiais de Uberlândia receberam imagens, vídeos e dados da ocorrência da prisão dos autores, confirmando, por meio do trabalho de inteligência da PM, que se tratavam dos autores do homicídio. 

Informações sobre a identificação, idade dos presos e detalhes sobre a prisão não foram repassadas. 

INVESTIGAÇÃO
A Polícia Civil de Uberlândia deverá enviar ao Espírito Santo na próxima semana uma equipe de investigadores da Delegacia de Homicídios para interrogar os presos. A delegada responsável pelo caso, Thays Regina Silva, disse que está realizando diligências em cooperação com a Polícia Federal do estado para descobrir a identidade de um dos presos que apresentou documentos falsos durante a abordagem. A suspeita é de que tenha sido ele o autor dos disparos.

A motivação do crime também está sendo esclarecida. De acordo com a polícia, se trata de uma execução e a morte estaria relacionada ao transporte de um carregamento de drogas, que estaria sob a responsabilidade da vítima.

 
“Vamos continuar a investigação para saber, realmente, a motivação do crime e se ela estaria relacionada a esse transporte do carregamento. Além dos depoimentos dos investigados, os policiais civis vão trazer todos os objetos relacionados ao crime em Uberlândia para fazer parte do inquérito”, salientou a delegada.

O CRIME
O assassinato ocorreu durante a noite, por volta das 19h, quando a dupla chegou ao estabelecimento comercial da vítima e, após identificá-la, efetuou diversos disparos. A perícia detectou 11 perfurações de arma de fogo no corpo do homem. 

Durante o tiroteio, um idoso de 73 anos, que fazia compras no local, também foi atingido com um disparo na panturrilha esquerda e outro ferimento de raspão na perna direita.

VEJA TAMBÉM:

 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »