23/09/2020 às 08h00min - Atualizada em 23/09/2020 às 08h00min

Paralela convoca artistas para a edição de 2020

Inscrições acontecem de forma online até o dia 28 de setembro

IGOR MARTINS
Trabalhos selecionados receberão um cachê no valor de R$ 1,5 mil e as oficinas um pró-labore de R$ 500 | Foto: Divulgação

Neste ano, a sexta edição da “Paralela” acontece entre os dias 16 e 22 de novembro de forma remota e online, devido à pandemia de Covid-19. O encontro é promovido anualmente em Uberlândia como forma de reunir artistas em torno de discussões sobre dança, arte e corpo. Com o objetivo de compor a programação, a organização promove uma convocatória para trabalhos artísticos, que devem ser enviados até 28 de setembro por meio de um formulário online disponível nas redes sociais do evento.

“Nós, assim como todas as outras pessoas, fomos pegos de surpresa por conta da Covid-19. O plano para realizar a Paralela era de se fazer um evento presencial, mas diante dessa pandemia fizemos um estudo e pensamos bastante sobre o online, considerando a importância da continuidade de atividades culturais e na possibilidade de artistas terem a oportunidade de desenvolver seus trabalhos,” disse Alexandre Molina, um dos idealizadores do evento.

Os trabalhos artísticos selecionados receberão um cachê no valor de R$ 1,5 mil e as oficinas um pró-labore de R$ 500. Para os trabalhos artísticos, serão valorizadas as proposições que optem pela experimentação de formatos no modo remoto e as possibilidades de conexão com o público, seja em tempo real ou não. Já as oficinas devem ter, no mínimo, quatro horas de duração.

As propostas devem ser enviadas à organização do evento por maiores de idade. O resultado será divulgado no dia 16 de outubro e serão selecionadas quatro propostas artísticas e duas oficinas.

Ainda segundo Molina, a Paralela compartilha do interesse em superar desafios para o estabelecimento de novas possibilidades criativas, encontrando ainda outros espaços de interação com o público, em que a criação em dança se estabeleça na conexão com o exercício experimental dos meios digitais ou de suas possibilidades.

“A expectativa é de que, ao mesmo tempo em que o formato online amplia a participação e o acesso à cultura, ele traz muitos desafios no que diz respeito à produção e à curadoria. Pensamos na temática da dança de uma forma ampliada, como um pensamento contemporâneo”, explicou Alexandre.

A PARALELA
A Paralela surgiu em 2015, como uma proposta do grupo de pesquisa Spirax, coordenado pelo artista e professor Alexandre Molina, para compartilhar as atividades desenvolvidas pelos estudantes do componente curricular “Práticas em Dança II: performances do corpo”, do curso de bacharelado em Dança da Universidade Federa de Uberlândia (UFU).

Atualmente, a Paralela se estabelece como plataforma de intercâmbios em arte, conectando pessoas e lugares através da dança, em diálogo com outros fazeres artísticos. As ações da organização buscam fortalecer as relações pela atuação artística, pensando na arte e na contemporaneidade de modo integrado.

Em 2020, a Paralela conta com o incentivo do Programa Municipal de Incentivo à Cultura (Pmic), da Secretaria Municipal de Cultura, e com o apoio do curso de Dança do Instituto de Artes (IARTE).

SERVIÇO
O QUE: Convocação de propostas artísticas e oficinas
QUEM: Paralela
QUANDO: Até o dia 28 de setembro
ONDE: inscrições nas redes sociais do evento
INFORMAÇÕES: [email protected]


VEJA TAMBÉM:

Dia do Baterista: uberlandenses e o amor pelo instrumento


Inscrições para agentes e espaços culturais seguem abertas

 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »