15/09/2020 às 10h21min - Atualizada em 15/09/2020 às 10h21min

​Zona Azul muda sistema e usuários devem se atentar com transferência de saldo

Vagas de estacionamento nas vias de Uberlândia serão numeradas; objetivo das mudanças é otimizar o serviço

DA REDAÇÃO
Mudanças ocorrem a partir deste mês e não haverá alteração na cobrança | Foto: PMU/Divulgação
O sistema de estacionamento rotativo Zona Azul de Uberlândia passa a contar com um novo aplicativo: Faixa Azul Digital-Uberlândia. A mudança ocorre a partir deste mês com o objetivo de otimizar o serviço e o saldo existente dos usuários, que utilizavam o antigo aplicativo Fácil Estacionar, será transferido automaticamente para a nova plataforma. 

A Instituição Cristã de Assistência Social de Uberlândia (Icasu), responsável pela administração da Zona Azul, alerta que, caso o saldo não seja transferido automaticamente após o novo cadastro, o usuário deve entrar em contato pelo WhatsApp (34) 98434-9656, pelo telefone 3305-4867 ou pelo e-mail [email protected] Ao informar o CPF, o atendente irá verificar o saldo disponível no antigo sistema e fará a transferência em seguida. 

Para aproveitar os benefícios do novo sistema, é preciso fazer o download do aplicativo Faixa Azul Digital-Uberlândia, disponível para smartphones tanto no sistema Android quanto no iOS. 

No primeiro acesso, é necessário fazer um novo cadastro, informando o CPF ou CNPJ, nome, data de nascimento ou abertura da empresa, telefone e e-mail, e criar uma senha. Deve-se cadastrar também o veículo, com informações sobre a placa, a cor e o tipo. Nesse sistema, as novas placas de identificação de veículos no Mercosul foram incluídas.

VAGAS NUMERADAS
Com as melhorias em implementação, as vagas existentes serão enumeradas com a fixação de números no meio fio nos próximos dias. Esse trabalho será iniciado pela região central nas avenidas Afonso Pena, Floriano Peixoto, Cesário Alvim, seguindo depois para as demais vias da área de abrangência do serviço, que possui 3.669 vagas, 109 parquímetros e 35 monitores.

A fiscalização da Zona Azul permanece sendo feita por agentes da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (Settran) por meio de um aplicativo que controla a permanência de cada veículo estacionado nas respectivas vagas.

Os recursos líquidos arrecadados com a Zona Azul pela a Icasu são destinados para a aquisição de remédios da rede pública de saúde do Município. Segundo a Prefeitura, desde maio de 2017, mais de R$ 2,2 milhões já foram revertidos em benefício da população.

VALORES
Não houve alteração no valor da cobrança, sendo de R$ 1,10 para cada 30 minutos, com os primeiros 15 minutos gratuitos. A permanência máxima é de duas horas e outra novidade é que as vagas destinadas aos idosos e às pessoas com deficiência passam a ter o mesmo limite de tempo. A tarifa é cobrada de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, e aos sábados das 8h às 13h.

Além de fazer o pagamento pelo o aplicativo por meio do cartão de débito e crédito, boleto bancário (a partir de R$ 50) e transferência (a partir de R$ 30), o usuário ainda pode pagar em dinheiro nos parquímetros instalados, diretamente com os monitores da Icasu ou pelo cartão inteligente, também adquirido com os monitores sem nenhum custo.

VEJA TAMBÉM: 

 

 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »