17/06/2020 às 19h20min - Atualizada em 17/06/2020 às 19h20min

PM apreende 796 tabletes de maconha em Uberlândia

Operação de combate ao tráfico de drogas aconteceu na madrugada desta quarta-feira (17), no bairro Daniel Fonseca

DA REDAÇÃO
Droga foi levada à Delegacia de Plantão | Foto: PM/Divulgação

A Polícia Militar (PM) apreendeu 796 tabletes de maconha durante uma operação em combate ao tráfico de drogas, em Uberlândia. A ação policial aconteceu na madrugada desta quarta-feira (17), na rua Varginha, localizada no bairro Daniel Fonseca. Nenhum dos suspeitos do crime foi encontrado.

A operação começou após a PM receber denúncia de que em uma casa estaria ocorrendo tráfico de drogas e porte ilegal de arma. Além disso, cidadãos afirmaram que um forte odor de maconha saía de dentro da residência.

Ao chegarem na entrada da sala da residência, os policiais militares constataram que a porta estava destrancada. No local, havia apenas um colchão jogado no chão. Os PMs chamaram alguém do imóvel, mas não tiveram resposta. Na suíte do imóvel, os oficiais encontraram uma grande quantidade de tabletes de maconha, separados em amontoados, além de rolos de plástico, duas balanças de precisão, facas e um bloco com anotações diversas a respeito de comércio de drogas.

Em continuidade às diligências, mais tabletes de maconha foram localizados no interior em um banheiro, e em outro quarto vários sacos foram encontrados, provavelmente para embalar a droga, segundo a PM. Ninguém foi encontrado dentro da residência. No decorrer da operação, os policiais foram procurados por um cidadão que passava pela rua. Ele informou que antes da chegada da viatura, um homem saiu correndo de dentro da casa e entrou em um matagal.

O homem disse ainda que o imóvel havia sido locado há aproximadamente um mês, e que indivíduos chegavam e saíam em um carro prata. A droga e os demais objetos foram apreendidos e levados à Delegacia de Plantão, totalizando 796 tabletes de maconha de tamanhos variados.

























 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »