18/03/2020 às 11h01min - Atualizada em 18/03/2020 às 11h01min

PM prende três pessoas após denúncia em Uberlândia

Suspeitos foram presos por prática de associação ao crime na zona norte da cidade

DA REDAÇÃO

A Polícia Militar (PM) de Uberlândia prendeu três pessoas no início da tarde desta terça-feira (17), após receber duas denúncias de que um dos suspeitos estava com uma arma de fogo trafegando pela cidade. Uma delas apontava que o autor estava no cruzamento entre as avenidas Balaiada e República do Piratini, nas proximidades do bairro Marta Helena. Já a outra, dizia que o mesmo criminoso estava próximo a um comércio no Umuarama, acompanhado por um homem em uma moto.
 
Os policiais militares foram até o primeiro local e viram dois indivíduos dentro de uma suposta borracharia. Os suspeitos mostraram inquietação e os PMs fizeram a abordagem aos autores. Durante os procedimentos, um rapaz com as mesmas características das denúncias recebidas virou a esquina do comércio.
 
Ao ver a equipe da polícia, o indivíduo saiu correndo. Pouco depois, uma viatura policial conseguiu abordar o criminoso, que estava dentro de um terreno vago na rua David Canabarro, no cruzamento com a avenida Guia Lopes. O suspeito disse aos policiais que estava no lugar para receber uma quantia em dinheiro que um outro cidadão o devia.
 
Na borracharia, onde outros dois suspeitos foram abordados, um deles disse ser o responsável pelo comércio, e afirmou que o rapaz ao sue lado chegou conduzindo a moto denunciada, juntamente com o rapaz abordado no terreno vago. Segundo o autor, eles deixaram a moto no local, pedindo para que ele remendasse o pneu do veículo.
 
A polícia abriu o compartimento do assento da moto e encontrou uma pistola calibre .22, carregada com 10 munições. Além disso, foram localizados R$ 500, mas eles não souberam informar a origem do dinheiro.
 
Foi dada voz de prisão aos três abordados pela prática de associação ao crime. O homem que estava na borracharia com a moto, pelo porte de arma de fogo, uma vez que estava conduzindo o veículo. O outro suspeito, passageiro da moto, por coparticipação, por estar acompanhando e estar no local do evento e ao responsável pela borracharia, por favorecimento à prática de crime, já que tentou esconder as chaves do veículo no interior do comércio.


















 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »