10/12/2019 às 09h00min - Atualizada em 10/12/2019 às 09h00min

Projeto sociocultural faz audição para selecionar 60 novos bailarinos em Uberlândia

Meninos e meninas entre sete e 12 anos podem se inscrever gratuitamente e não é preciso experiência prévia

DA REDAÇÃO
Bailarinos durante recente apresentação no Teatro Municipal de Uberlândia | Foto: Fernanda Torquato/Divulgação
O Ballet Vórtice e o Projeto Pé de Moleque vão realizar audições para escolha de 60 novos bailarinos que vão receber bolsas de estudo, integrais e parciais, de ballet clássico, em 2020. As audições acontecem no próximo sábado (14), em dois locais (confira no quadro nesta página). Não é necessário ter experiência prévia em dança.

Podem participar crianças de sete a 12 anos de idade que estudem em escolas públicas. Não é preciso fazer inscrição antecipada. Basta chegar ao local de preferência meia hora antes do horário da audição. Documentos serão exigidos somente dos alunos que forem selecionados. A diretora artística do Ballet Vórtice e Projeto Pé de Moleque, Guiomar Boaventura indica que as meninas e meninos se vistam com short e camiseta para facilitar os movimentos durante a seletiva.

Vários bailarinos que passaram pelo Ballet Vórtice e pelo Projeto Pé de Moleque já conquistaram os palcos do Brasil e do mundo. É o caso de Daniel Robert, contratado pelo Ballet Nacional da Holanda; Wictor Hugo, hoje bailarino do Bejart Ballet Lausanne, na Suíça; João Vitor Percilio que atualmente estuda no San Francisco Ballet School, nos Estados Unidos, e Victor Caixeta, solista do Teatro Mariinsky, em São Petesburgo, na Rússia.

Victor Caixeta tinha 11 anos quando foi selecionado para participar do Pé de Moleque. Ele frequentava a ONG Lar no bairro Planalto e foi um dos escolhidos por Guiomar Boaventura em uma seletiva. Foi aí que a vida dele mudou. Em depoimento no material de divulgação da seletiva, o bailarino afirma que durante os anos que estudei com Guiomar ele não aprendeu só o ballet, me tornou-se também uma pessoa melhor, com um nível intelectual e disciplina muito diferente das outras crianças de sua idade.

O PROJETO
O projeto Pé de Moleque surgiu em 1997 com objetivo de dar oportunidades de crescimento pessoal e profissional a crianças e jovens de baixa renda por meio do ballet clássico. O trabalho realizado pela idealizadora e diretora artística, Guiomar Boaventura e pelo professor russo Vladimir Rybyakov, busca valorizar as capacidades individuais, mas também encoraja a socialização dos alunos. O foco se divide entre a técnica aprendida com amor e disciplina e o crescimento pessoal dos bailarinos, uma preparação completa para que possam seguir carreira na dança.

AUDIÇÕES PARA O PROJETO PÉ DE MOLEQUE
Data: Sábado 14 de dezembro
Horários: 
10h – Ballet Vórtice - Rua Javari, nº 472, bairro Lídice
14h – Centro Comunitário Shopping Park - Rua Ivete Cordeiro da Silva, nº 1.020, bairro Shopping Park, Uberlândia.
MAIS INFORMAÇÕES: 99123-9893.








 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »