02/10/2019 às 14h40min - Atualizada em 02/10/2019 às 14h40min

Número de mortes por dengue chega a 19 em Uberlândia

Em contrapartida, número de casos suspeitos diminui na cidade; confira também o boletim da zika, chikungunya e sarampo

DA REDAÇÃO
Mais uma morte por dengue foi confirmada em Uberlândia. A informação foi divulgada nesta terça-feira (1º) através do Boletim Epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG). Esse é o 19º óbito registrado na cidade desde o início do ano.

Ainda de acordo com o documento, o município segue com incidência muito alta da doença, contabilizando taxa de 4.720,25 para cada 100 mil habitantes. Em contrapartida, o número de casos suspeitos diminuiu desde o último registro publicado pelo Diário de Uberlândia no mês de agosto. Na época, a quantidade de casos era de 32.840 e agora está em 32.251.

A nível estadual a situação é diferente. Desde o último boletim Minas Gerais registrou quase 4,5 mil casos novos de dengue. O número de óbitos também aumentou e subiu de 132 para 137. Mais de 110 mortes estão sendo investigadas.

Confira os municípios do estado que já registraram mortes pela doença até o momento: Araguari (um), Arcos (2), Belo Horizonte (26), Betim (18), Campos Gerais (um), Carmo do Cajuru (um), Contagem (quatro), Curvelo (um), Divinópolis (dois), Estrela do Sul (um), Frutal (dois), Guaranésia (um), Guarani (um), Ibiá (um), Ibirité (dois), Ituiutaba (um), Jaboticatubas (um), João Monlevade (um), João Pinheiro (cinco), Juiz de Fora (doze), Lagoa da Prata (um), Martinho Campos (dois), Monte Carmelo (um), Nova Serrana (um), Paracatu (um), Passos (dois), Patos de Minas (quatro), Patrocínio (dois), Pitangui (um), Pompéu (um), Ribeirão das Neves (dois), Rio Novo (um), Rio Paranaíba (um), Sacramento (um), São Gonçalo do Pará (dois), São Gotardo (dois), Sete Lagoas (um), Tupaciguara (1), Uberaba (dois), Uberlândia (19), Unaí (3), Vazante (2).

ZIKA E CHIKUNGUNYA
Em relação à febre chikungunya, Minas Gerais registrou 2.727 casos prováveis da doença até agora. Em 2019, até o momento, foi confirmado um óbito para no  município de Patos de Minas, no Alto Paranaíba. O número de casos suspeitos da doença em Uberlândia continua estável em 19. Não houve óbitos na cidade.

Já em relação à Zika, foram registrados 769 casos prováveis da doença até agora em todo o estado. Se comparado com o último boletim, divulgado no dia 28 de agosto, o número abaixou em aproximadamente 60 casos. Uberlândia confirmou mais um caso provável da doença. O número saiu de 14 para 15 registros. 

SARAMPO
A Secretaria de Estado de Saúde (SES) também divulgou, nesta quarta-feira (2), o Boletim Epidemiológico do sarampo. No último documento publicado e registrado pelo Diário de Uberlândia, no dia 11 de setembro, foram confirmados dez casos da doença na cidade, mas agora o número caiu para nove.

A reportagem procurou a Superintendência Regional de Saúde (SRS) para saber o motivo da diminuição de casos no boletim. Por meio de nota, foi informado que um dos casos foi retirado do banco de dados da cidade e transferido para São Paulo.

Em parâmetro estadual, desde o início do ano, foram confirmados um total de 34 casos de sarampo. Quatro destes ocorreram no primeiro trimestre do ano e a cadeia de transmissão foi contida. A partir de junho de 2019 o número de casos suspeitos aumentou, totalizando 1.348 notificações provenientes de 206 municípios de Minas Gerais. Destes, 694 foram descartados, 624 estão em investigação e 30 casos foram confirmados.
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »