16/08/2019 às 11h26min - Atualizada em 16/08/2019 às 11h26min

Processo de transição do HC-UFU continua em Uberlândia

Médica Aglai Arantes, que ocupava a função de diretora-técnica do HCU, foi nomeada como superintendente pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares

DA REDAÇÃO
Ebserh substituirá a Fundação de Assistência, Estudo e Pesquisa de Uberlândia (Faepu) | Foto: Giovanna Tedeschi

Nesta sexta-feira (16), a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) nomeou a nova superintendente do Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (HC-UFU). A médica pediatra Aglai Arantes recebeu o título durante a continuação do processo de transição da administração da unidade de saúde. A Ebserh substituirá a Fundação de Assistência, Estudo e Pesquisa de Uberlândia (Faepu).

Conforme o Diário de Uberlândia noticiou, o presidente da Ebserh Oswaldo Ferreira se reuniu com Valder Steffen Júnior, reitor da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), no início do mês para tratar sobre a transição no comando do Hospital de Clínicas.

O modelo de gestão da Ebserh não contempla em seu plano de cargos e salários profissionais de áreas como segurança, limpeza, hotelaria e alimentação. Estes serviços de apoio ficarão a cargo de pessoal fornecido por empresas terceirizadas. 

Além disso, foi publicado no último dia 12, o chamamento público visando a contratação da empresa que vai realizar o 
concurso público para preenchimento de 887 vagas do Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (HC-UFU). São 173 vagas para médicos de 71 especialidades, 614 vagas para a área assistencial e 100 administrativos. Esse número pode variar em 25% para acréscimos ou supressões até a publicação do edital, que tem previsão de sair ainda neste semestre.

O concurso vai contratar profissionais de forma efetiva, via CLT, e formar cadastros de reserva. Os candidatos passam por duas etapas de seleção: prova objetiva e análise de títulos e de experiência profissional.

Sobre a Ebserh
Vinculada ao Ministério da Educação (MEC), a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) foi criada em 2011 e, atualmente, administra 40 hospitais universitários federais.

Como hospitais vinculados a universidades federais, essas unidades têm características específicas: apoiam a formação de profissionais de saúde e o desenvolvimento de pesquisas e atendem pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS). Os hospitais universitários são, por sua natureza educacional, campos de formação de profissionais de saúde.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »