29/03/2019 às 14h00min - Atualizada em 29/03/2019 às 14h00min

App de combate à violência contra a mulher tem adesão de mais de mil usuários em Uberlândia

Projeto foi idealizado pelo Município e já tem adeptos com pouco mais de 15 dias de lançamento

DA REDAÇÃO
App está disponível apenas para sistema Android inicialmente | Foto: PMU/Divulgação
Pouco mais de 15 dias após ser disponibilizado oficialmente, o aplicativo Salve Maria já soma mais de mil downloads na loja virtual Play Store, segundo levantamento divulgado ontem pela Prefeitura de Uberlândia. A ferramenta é mais um canal direto com a Polícia Militar para denúncias de abusos dos mais diferentes tipos e funciona como um botão de pânico. Com rápidos comandos no celular, é possível reportar violências de ordem física, psicológica, patrimonial, moral e sexual.

Também permite informar se o caso está ocorrendo no exato momento da denúncia. Em ocorrências de extrema urgência, basta que o denunciante utilize o “botão do pânico” para acionar imediatamente a presença dos militares.

O projeto foi idealizado pela secretária municipal de Governo, Ana Paula Junqueira, que comemorou a boa repercussão da ferramenta nestes primeiros dias. “Estamos cumprindo com o nosso principal objetivo, que é proporcionar mais segurança às mulheres da cidade. Queremos que todas baixem o aplicativo, pois é uma forma de se protegerem em casos de momentos críticos”, destacou. 

A ferramenta possui inúmeros comentários de usuários relatando a efetividade do recurso. Disponível para a plataforma Android, o utilitário também poderá ser baixado para o sistema IOS em breve. Lançado no dia 12 deste mês (durante a inauguração da nova Casa da Mulher), o recurso foi desenvolvido pela Prefeitura, por meio da Empresa Processamento de Dados de Uberlândia (Prodaub) e em parceria com a Secretaria Municipal de Governo.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »