12/03/2019 às 18h53min - Atualizada em 12/03/2019 às 18h53min

Aplicativo com botão de pânico contra violência doméstica é lançado em Uberlândia

Nova "Casa da Mulher" também foi inaugurada e funcionará na avenida Nicomedes Alves dos Santos

MARIELY DALMÔNICA
Evento inaugurou nova Casa da Mulher em Uberlândia | Foto: Valter de Paula/Secom/PMU
A Prefeitura de Uberlândia lançou nesta terça-feira (12) um aplicativo para denúncia de violência contra mulheres na cidade. A ferramenta, nomeada como Salve Maria, está ligada diretamente à Polícia Militar (PM) que receberá a queixa em tempo real. O aplicativo está disponível para sistema Android e foi apresentado durante a inauguração da nova Casa da Mulher.

Uberlândia é a primeira cidade em Minas Gerais com um aplicativo do tipo, segundo a secretária municipal de Governo e Comunicação, Ana Paula Junqueira. Para ela, as mulheres precisavam de uma forma rápida de ajuda em momentos de abuso e violência, e a ferramenta foi criada para isto.

“Na hora que a pessoa aperta o ‘botão do pânico’, aparece na tela da Polícia [Militar] a localização exata de onde ela está. Só pedimos que as pessoas usem com muita responsabilidade", disse. 

De acordo com Bárbara Machado, coordenadora da Defensoria Pública em Uberlândia, o aplicativo encurta o caminho do chamado da PM. “A gente sempre se depara com uma mulher desmotivada a procurar ajuda ou que, às vezes, fica envergonhada de ir a um posto policial. O aplicativo é um canal direto”, disse.

Segundo o Major Flávio Nascimento, chefe do Centro de Operações da Polícia Militar (Copom), a localização da vítima será transmitida em tempo real e a intervenção será imediata. “Haverá um tablet que fará comunicação direta com esses dispositivos. O aplicativo permite identificar o CPF [Cadastro de Pessoa Física] e o IP de quem registra a chamada.”

As informações recebidas pelo aplicativo Salve Maria também serão repassadas para a Polícia Civil, e de acordo com Alessandra Rodrigues da Cunha, delegada especializada da Mulher, vai permitir uma investigação mais rápida. “Faremos um trabalho em conjunto. Será mais um instrumento para a gente coibir a violência doméstica”, afirmou.

CASA DA MULHER
A nova Casa da Mulher funcionará na avenida Nicomedes Alves dos Santos, 727, em frente ao antigo espaço. O local é propriedade da Prefeitura e foi sede da Fundação de Saúde do Município de Uberlândia (Fundasus).

O espaço vai integrar a Diretoria de Proteção Social da Mulher e o Núcleo de Apoio à Mulher, que orientam as vítimas para a rede socioassistencial, além da Delegacia Especializada da Mulher e da Defensoria Pública, que dá suporte jurídico às mulheres. O funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »