06/03/2019 às 18h07min - Atualizada em 06/03/2019 às 18h07min

Bispo de Uberlândia esclarece sobre a campanha "Fraternidade e Políticas Públicas"

Cerimônia das cinzas dá início à Quaresma nesta quarta-feira (6); católicos lotam igrejas

NÚBIA MOTA
Fiéis lotaram o Santuário de Nossa Senhora Aparecida nas cerimônias da quarta-feira de cinzas | Foto: Diário de Uberlândia
O bispo diocesano Dom Paulo Francisco Machado recebeu a imprensa na manhã desta quarta-feira (6), logo após a primeira Missa de Quarta-Feira de Cinzas no Santuário de Uberlândia, para falar a respeito da Quaresma e também da Campanha da Fraternidade que, neste ano, aborda o tema "Fraternidade e Políticas Públicas". 

Dom Paulo Francisco explicou que o assunto foi escolhido pela Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) entre quase 100 outros temas propostos. Com o assunto, a Igreja Católica pretende estimular a participação dos cristãos nas políticas públicas, porque, segundo o bispo, são mecanismos de se atingir o bem comum, beneficiando a todos por igual.

“É uma forma de conseguirmos uma sociedade democrática, onde todos tenham os mesmos direitos e um ponto de partida igual”, disse o bispo. 


Bispo Dom Paulo Francisco atendeu imprensa após primeira missa de Cinzas | Foto: Núbia Mota

Com o objetivo de despertar os valores de solidariedade nos fiéis da Igreja Católica e na sociedade, todos os anos a Campanha da Fraternidade aborda um tema que busca solucionar uma condição deficitária no país. No ano passado, por exemplo, o tema foi a superação da violência. Já em 2019, o assunto escolhido foi inspirado pelo versículo bíblico: “Serás libertado pelo direito e pela justiça”.

Ainda nesta quarta, o Papa Francisco divulgou uma mensagem para os brasileiros com um apelo para que os católicos busquem uma atuação “mais ativa na sociedade” com o objetivo de “construir uma cultura fraterna baseada no direito e na justiça”. O papa enviou o recado também aos políticos para que vivam “com paixão o seu serviço aos povos”, sejam “solidários com os seus sofrimentos e esperanças” e que “anteponham o bem comum aos seus interesses privados”.

MISSA


Encerrado o período de Carnaval, inicia-se o tempo de repensar as próprias atitudes, durante a Quaresma, e se preparar para a Semana Santa marcada para os dias 14 a 20 de abril. Nesta quarta-feira de Cinzas, no Santuário de Nossa Senhora Aparecida em Uberlândia, durante as seis missas realizadas ao longo do dia, cinzas foram colocadas na testa dos fiéis como forma de relembrar de onde viemos e para onde vamos.

O Diário de Uberlândia participou das duas primeiras cerimônias do dia, às 7h e às 9h, quando o templo contou com um grande número de fiéis de todas as idades. Durante a missa, muito fieis chegavam, mesmo que atrasados, e se emocionavam com o rito.

“Talvez hoje [ontem] seja um dia que mais emociona as pessoas, porque o humano é um ser simbólico e os símbolos que falam para a alma. O simples fato de colocarem cinzas na testa das pessoas, deixa ali uma marca e passa para o coração essa ideia de que eu preciso viver uma vida nova e vale a pena começar de novo. É esse o sentido do período quaresmal, que nos prepara para viver uma vida mais significativa a partir da Páscoa”, disse Dom Paulo.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »