01/11/2018 às 18h58min - Atualizada em 01/11/2018 às 18h58min

Chuva de quarta-feira foi a mais intensa do ano

Trabalhos de reparos na cidade devem ser concluídos na manhã desta sexta (2)

MARIELY DALMÔNICA
Corpo de Bombeiros registrou 49 árvores caídas nas ruas, sobre carros ou residências na 4ª feira | Foto: Divulgação
A chuva de quarta-feira (31) foi a mais intensa registrada no ano em Uberlândia. Em menos de uma hora, choveu mais de 31 mm no Centro da cidade, de acordo com a Defesa Civil. Equipes do Corpo de Bombeiros e da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) trabalharam desde a madrugada até a noite de quinta (1º) para retirar árvores que caíram em vias públicas e para restabelecer o fornecimento de energia elétrica em bairros que foram afetados pela tempestade.

A região central da cidade foi uma das mais afetadas. Segundo o capitão João Batista Afonso, diretor da Defesa Civil, choveu o equivalente a um litro por metro quadrado e foram constatadas rajadas de ventos a mais de 40 km/h. No bairro Santa Mônica, choveu 30.2 mm entre 18h e 20h, e a velocidade do vento variou entre 48 km/h e 66 km/h, de acordo com dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) e da Universidade Federal de Uberlândia (UFU). 

O Corpo de Bombeiros registrou 49 árvores caídas nas ruas, sobre carros e residências. Na Praça Rui Barbosa, no Centro, um cedro de mais de 90 anos caiu e atingiu um automóvel. A vítima foi retirada do carro antes da chegada dos militares e o corte da árvore deve ser finalizado nesta sexta-feira, segundo a Defesa Civil. 

De acordo com a Cemig, houve queda de árvores sobre a rede elétrica e rompimento de fiação nos bairros Martins, Centro, Jardim Karaíba, Granada, Cidade Jardim, Jaraguá e Dona Zulmira. Alguns bairros ficaram sem energia até esta tarde.

O trabalho da Defesa Civil, do Corpo de Bombeiros, da Cemig, do Horto Municipal e da Secretaria de Trânsito e Transportes (Settran) deve terminar na manhã de sexta. “Cinco equipes dos bombeiros começaram a cortar as árvores de madrugada e isso deve permanecer até amanhã. Algumas vias só têm meia pista liberada, mas está tranquilo”, disse o capitão Afonso. 

PREVISÃO DO TEMPO 

De acordo com Anete Fernandes, meteorologista do Inmet, a umidade desta sexta (2) deve ficar entre 50% e 90%, e a instabilidade deve continuar em todo o estado durante o fim de semana. “O céu ficará nublado com pancadas de chuva e trovoadas. A temperatura mínima permanece elevada, acima dos 18°C, e a temperatura máxima pode chegar a 35°C. No sábado e no domingo a temperatura deve cair um pouco, mas ainda assim ficará abafado”, afirmou. 

Ainda segundo a meteorologista, a estação chuvosa começou no período certo neste ano. “Isso é uma vantagem. O problema é o volume de chuva grande em um intervalo curto de tempo, mas se a gente pensar em relação à disponibilidade de água, isso é bom”, disse. 

PREVISÃO DO TEMPO
SEXTA: mínima de 18°C e máxima de 35°C
SÁBADO: mínima de 22°C e máxima de 33°C
DOMINGO: mínima de 20°C e máxima de 29°C


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »