14/09/2018 às 08h14min - Atualizada em 14/09/2018 às 08h14min

Gaeco prende prefeito de Caldas Novas

DA REDAÇÃO
Prefeito Magal é investigado por fraudes em licitação | Foto: Reprodução/Facebook
O prefeito de Caldas Novas (GO), Evandro Magal, foi preso na madrugada de ontem, durante os primeiros momentos da Operação Negociata, deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público de Goiás (MPGO).

A operação apura fraudes em licitação, pagamentos de propina e lavagem de dinheiro envolvendo o Poder Executivo de Caldas Novas e alguns empresários, que se beneficiavam com a atuação ilícita dos agentes públicos.

Ao todo, oito dos nove mandados de prisão foram cumpridos pela manhã e início da tarde. Cinco deles em Caldas Novas; dois em Goiânia e um na cidade mineira de Santa Vitória. De acordo com o MPGO, um dos alvos já foi considerado foragido. Seu nome, no entanto, ainda está sob sigilo.

Foram expedidos 32 mandados de busca e apreensão. As ações ocorreram nas cidades de Morrinhos, Itumbiara, Aruanã e Aparecida de Goiânia, além de Caldas Novas, Goiânia e Santa Vitória. De acordo com o MPGO, as obras e os crimes sob investigação serão informados em outro momento. A operação contou com o apoio das policias Civil, Militar e Rodoviária Federal.
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »