04/09/2018 às 08h00min - Atualizada em 04/09/2018 às 08h00min

Campanha de vacinação é prorrogada por 15 dias

MARIELY DALMÔNICA
Criança recebe dose oral de da vacina durante ação realizada em Uberlândia | Foto: Valter de Paula/Secom/PMU
A Campanha de Vacinação contra Pólio e Sarampo, que iria se encerrar no último fim de semana, foi prorrogada até 14 de setembro. Em um mês de ação, a cobertura vacinal de Uberlândia chegou a 84%, o que corresponde a 28 mil crianças entre 1 e 4 anos e 11 meses de idade. A meta é vacinar pelo menos 95% do público-alvo.

O prazo da campanha foi estendido pelo Ministério da Saúde para aumentar a cobertura vacinal na maioria dos estados do País. De acordo com a coordenadora do Programa de Imunização da Prefeitura de Uberlândia, Claubia Oliveira, algumas dificuldades estão sendo enfrentadas durante a campanha deste ano, como a resistência de pais que acham que não precisam vacinar os filhos, e a desinformação de alguns profissionais da saúde, que têm desaconselhado a dose de reforço para crianças com a carteira de vacinação atualizada. “Ainda faltam 3.600 crianças para atingir a nossa meta”, disse Claubia Oliveira.

Em Uberlândia, seis possíveis casos de sarampo foram notificados desde o início do ano, sendo que nenhum foi confirmado, e dois já foram descartados, de acordo com o Boletim Epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES). “Mesmo sem casos da doença, as crianças devem ser vacinadas. Quando eu não vacino meu filho, deixo ele e outras crianças que ainda não podem tomar a dose sujeitas à doença. A gente também se preocupa com a coletividade, é uma questão de saúde pública”, disse a coordenadora do Programa de Imunização.

Ainda segundo Claubia, muitas informações falsas são ditas sobre algumas vacinas, principalmente contra a tríplice viral e antissarampo. “Devemos pensar que, se estamos sem casos de sarampo, é devido ao grande sucesso das vacinas nos últimos anos”, afirmou.
 
PONTOS DE VACINAÇÃO

A Campanha de Vacinação está sendo realizada em todas as salas de vacina do município. Nas Unidades Básicas da Saúde (UBSs) e Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSFs), o atendimento é das 7h30 às 16h30. Nas Unidades de Atendimento Integrado (UAIs) dos bairros Luizote, Tibery, Pampulha, Roosevelt, Planalto e Martins, o horário é das 8h às 20h.
 
BRASIL
 
Em apenas sete estados a meta de vacinar pelo menos 95% do público-alvo foi atingida. Estados e municípios que não atingiram a meta devem manter a campanha por mais 15 dias. Até o momento, mais de 1,3 milhão de crianças não recebeu o reforço dessas vacinas. A recomendação é que estados e municípios façam busca ativa para garantir que o público-alvo da campanha seja vacinado.

Os estados que atingiram a meta de vacinação são Amapá, Santa Catarina, Pernambuco, Rondônia, Espírito Santo, Sergipe e Maranhão. O Rio de Janeiro continua com o menor índice de vacinação, seguido por Roraima, Pará, Piauí, Distrito Federal, Acre, Bahia, Rio Grande do Sul, São Paulo, Alagoas, Rio Grande do Norte e Amazonas. Em todo o país, foram aplicadas mais de 19,7 milhões de doses das vacinas (cerca de 9,8 milhões de cada).




 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »