07/06/2018 às 09h48min - Atualizada em 07/06/2018 às 09h48min

Chegam a 11 os casos de Influenza na região

Vacinação contra a Influenza foi prorrogada até dia 15 nas unidades do Município

MARIELY DALMÔNICA | REPÓRTER
PMU/SECOM
Subiu para 81 o número de casos de Influenza registrados em Minas Gerais, de acordo com boletim epidemiológico divulgado nesta semana pela Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES). Onze ocorrências foram registradas na Superintendência Regional de Saúde de Uberlândia (SRS), que abrange 18 municípios. Em Uberlândia, um óbito por Influenza A não subtipado foi confirmado, e outros dois ainda estão em investigação.
Ainda segundo a SES, 1.003 notificações de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) foram registradas em 2018 em todo Estado, sendo que 579 amostras foram coletadas para exames. Nos casos de SRAG causados pelo vírus influenza no estado, 42 foram provocados pelo subtipo A/H3 sazonal, 24 por Influenza A não subtipado, 11 por A/H1N1 e quatro por Influenza B.
Dos casos registrados pela regional de Uberlândia, três foram causados pelo subtipo A/H1N1, três por A/H3 sazonal e cinco por Influenza A não subtipado.
Além de Uberlândia, Minas registrou óbitos em Belo Horizonte, Coronel Fabriciano, Diogo de Vasconcelos, Paraguaçu, Vespasiano, Cataguases, Ubá, Visconde do Rio Branco e Leopoldina.
 
VACINAÇÃO
 
A campanha nacional de vacinação contra a Influenza foi prorrogada até o dia 15 de junho nas Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSF) e Unidades Básicas de Saúde (UBS) das 7h30 às 16h30, e nas Unidades de Atendimento Integrado (UAIs), exceto São Jorge e Morumbi, das 8h às 20h.
O público-alvo da campanha é composto por idosos a partir dos 60 anos, crianças de 6 meses a menor de 5 anos, pessoas com comorbidades, gestantes, mulheres pós-parto até 45 dias, professores da rede pública e privada, profissionais da saúde, funcionários do sistema prisional e pessoas privadas de liberdade. A escolha dos grupos prioritários segue uma recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS).
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »