08/05/2018 às 11h13min - Atualizada em 08/05/2018 às 11h13min

Prefeitura de Uberlândia e Bombeiros firmam novo acordo

DA REDAÇÃO
  
A Prefeitura de Uberlândia e o Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais firmaram, ontem, um convênio que permitirá que as ações relacionadas à Defesa Civil ocorram de forma integrada no município.  O termo de cooperação foi assinado pelo prefeito Odelmo Leão, pelo tenente-coronel Nivaldo Machado, subcomandante do 2º Comando Operacional dos Bombeiros, e pelo tenente-coronel André Humia Casarim, comandante do 5º Batalhão de Bombeiros Militar (BBM) de Uberlândia. Na ocasião, também foi firmada a renovação do convênio para execução do projeto Bombeiro Mirim.

O objetivo é que, na prática, os integrantes da Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil (Comdec), ligada à Secretaria Municipal de Prevenção às Drogas, Defesa Social e Defesa Civil, atuem em conjunto com militares no Centro de Operações de Bombeiros Militar (Cobom), na sede da 9ª Região Integrada de Segurança Pública (9ª Risp), no bairro Jardim Patrícia.

Além disso, as solicitações de atendimento à população de Uberlândia para casos de Defesa Civil passarão a ser registradas tanto pelo número 199 quanto pelo número 193. Assim, com um protocolo operacional unificado e organizado, o tempo de resposta para chamadas será otimizado, bem como os recursos logísticos serão adequadamente dispostos para atendimento das ocorrências.

O convênio firmado entre a Prefeitura de Uberlândia e o Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais para integrar os atendimentos de Defesa Social tem validade até 2020 e pode ser prorrogado em acordo entre as partes. A parceria não prevê qualquer transferência de recursos públicos.

BOMBEIRO MIRIM

A renovação do projeto, que foi reativado no ano passado, foi assinada pelo prefeito Odelmo Leão e pelo comandante do batalhão, tenente-coronel André Humia Casarim, contemplando ampliação dos serviços. As atividades do Bombeiro Mirim serão iniciadas a partir de amanhã, para crianças e adolescentes de 8 a 16 anos que estejam matriculados nos Núcleos de Apoio Integral à Criança e ao Adolescente (Naicas) dos bairros Lagoinha, Tibery, Mansour e Luizote de Freitas. Neste ano, serão ampliadas de 25 para 100 as vagas destinadas aos pequenos.

O projeto ensina aos participantes noções de primeiros socorros e prevenção a afogamentos, acidentes domésticos, de trânsito e com incêndios. Também desperta nas crianças a consciência coletiva de preservação do meio ambiente, promove noções de saúde e de higiene, educação no trânsito, cidadania, civismo e atividades recreativas.
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »