08/11/2017 às 14h49min - Atualizada em 08/11/2017 às 14h49min

Prefeitura libera 12 mil peixes em rios da região

VINÍCIUS ROMARIO | REPÓRTER
Objetivo do projeto é preservar a fauna nativa e repovoar os rios do município / Foto: Divulgação/Secom/PMU

 

A Secretaria Municipal de Agropecuária começa, nesta quinta-feira (9), a soltura de 12 mil peixes pacu-caranha nos rios Araguari e Tijuco. O projeto visa a preservação da fauna nativa e o repovoamento da espécie nos dois rios, que, de acordo com a secretaria, apresentou considerável queda nos últimos devido a represamentos e à pesca predatória.

Os primeiros quatro mil exemplares serão soltos, amanhã, no rio Araguari, próximo aos distritos de Martinésia e Cruzeiro dos Peixotos. No rio Tijuco, a ação ocorrerá no dia 23 deste mês, com mais quatro mil exemplares libertos. Depois, o trabalho retorna ao rio Araguari no dia 14 de dezembro para a soltura do restante dos peixes.

“Queremos chamar a atenção e mostrar que também devemos preocupar com os peixes da nossa região, principalmente os nativos, que é o caso do pacu-caranha. Quando falamos em preservação, muito pensam em animais como a onça ou macacos, mas a nossa fauna também é rica nos rios e deve ser preservada”, disse a secretária de Agropecuária, Valquíria Naves.

Ainda segundo a secretária, os animais foram criados no Centro Tecnológico de Aquicultura Familiar (Cetaf) desde fevereiro desse ano até atingirem, agora, a fase juvenil, com média de 20 cm, podendo atingir uma média de 50 cm. “Como foram criados com ração, agora, precisarão sobreviver e procurar a própria comida. Nessa fase, eles já sabem se defender de possíveis predadores e os resultados alcançados são melhores”.

Valquíria disse ainda que a intenção da secretaria é acompanhar o desenvolvimento dos peixes que serão soltos e ampliar o projeto para o próximo ano, incluindo outras espécies nativas.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »