13/10/2017 às 16h34min - Atualizada em 13/10/2017 às 16h34min

Manifesto pede apoio à produção leiteira

DA REDAÇÃO

Cooperativas de leite e sindicatos rurais promoverão, na segunda-feira (16), um manifesto para o fortalecimento dos produtores nacionais. O evento ocorre a partir das 9h, no Parque de Exposições de Prata. 

Organizado pelo Núcleo dos Sindicatos Rurais e Fecoagro Leite Minas, o evento tem a expectativa de receber mais de 1 mil produtores rurais, autoridades e lideranças do setor, que reivindicarão a adoção, por parte do governo brasileiro, de medidas de apoio e defesa da cadeia produtiva do leite. O Ministro da Agricultura, Blairo Maggi, é presença confirmada no evento.

“O objetivo é alertar as autoridades sobre o risco de se aprofundar ainda mais a crise no setor leiteiro por falta de mecanismos que garantam renda para o setor”, disse Vicente Nogueira, coordenador da câmara de leite da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB).

Durante o evento, será apresentado o panorama atual do leite no Brasil e as demandas dos produtores, representados por suas entidades, para a melhoria da cadeia como um todo.

O Brasil é o quarto maior produtor de leite do mundo. Em 2016, o faturamento gerado foi de R$ 44,7 bilhões, representando 24% do valor bruto da produção (VBP) da pecuária, sendo inferior apenas à carne bovina, mas superior ao valor da produção de frangos, suínos e ovos.

No entanto, produtores rurais estão preocupados com um cenário de prejuízo diante da crescente importação de produtos do Uruguai.

Análise da balança comercial do agronegócio entre Brasil e Uruguai mostra que, em 2016, o saldo foi favorável ao país cisplatino em US$ 418 milhões, sendo que 36% referem-se aos produtos lácteos. Nesse período, o Brasil foi o destino de 86% do leite em pó desnatado, e 72% do leite em pó integral exportado pelo Uruguai.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »