02/10/2017 às 17h44min - Atualizada em 02/10/2017 às 17h44min

Homem é preso por estupro no Centro

VINÍCIUS ROMARIO | REPÓRTER

Um homem, de 32 anos, foi preso na madrugada de hoje suspeito de estuprar uma jovem, de 23, em Uberlândia. De acordo com o Boletim de Ocorrência, o fato ocorreu após os dois saírem de uma boate situada no Centro da cidade.

No depoimento, a vítima disse que foi seguida pelo suspeito e obrigada a entrar em um veículo após sofrer agressões. Eles foram até a casa do homem, na rua Agenor Paes, no Centro, onde ela foi obrigada a fazer sexo oral.

Ainda segundo o depoimento, durante o ato, o homem enforcava e dava tapas no rosto da vítima, além de xinga-la. Após implorar para que o suspeito parasse, a jovem foi deixada por ele na casa de uma amiga. Momentos depois, a vítima procurou a polícia e fez a denúncia.

Durante a madrugada, a Polícia Militar (PM) foi até a casa do suspeito, que não quis atender os policiais. Consta no boletim que o homem disse que não abriria o portão e que ninguém entraria na casa sem autorização.

Após mais tentativas de convencer o suspeito a autorizar a entrada no imóvel, mas sem sucesso, os militares arrombaram o portão e entraram na garagem. As portas da casa estavam trancadas e os policiais arrombaram uma janela para entrar na residência.

No interior do imóvel, os militares constataram que o suspeito já havia fugido pulando muros e telhados de casas vizinhas. Um cerco foi montado e, após uma denúncia anônima, o homem foi encontrado em um comércio na rua Tenente Virmondes.

Foi dada voz de prisão ao suspeito, que, de acordo com o boletim, reagiu acertando socos em um dos policiais. Após ser contido, o homem foi levado para um hospital, onde foi constatado que ele havia fraturado o pé e cortado a mão durante a fuga.

Após o fato, o suspeito foi levado para a delegacia da Polícia Civil e, depois, encaminhado para o presídio. A jovem foi levada para o Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (HC-UFU) para ser submetida a exames. A Polícia Civil aguarda o resultado do laudo para instaurar o inquérito. 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »