08/08/2017 às 05h38min - Atualizada em 08/08/2017 às 05h38min

Pedestres reclamam após reabertura de passarela

Transeuntes se queixam de falta de informação e escadaria de estrutura

VINÍCIUS ROMARIO | REPÓRTER
Passarela vai beneficiar trânsito para 1,5 milhão de veículos que passam na Av. João Naves / Foto: Vinícius Romário

 

A passarela sobre a avenida João Naves de Ávila, próximo à Estação Shopping foi reaberta anteontem, mas as estrutura ainda não agradou a todos os pedestres que passam pelo local. A reportagem do Diário do Comércio esteve ontem no local, entre 14h20 e 15h10, e ouviu algumas críticas, principalmente de idosos, sobre a passarela e a falta de informação no local.

Segundo a Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (Settran), desde sábado (5) até os próximos dias, agentes e fiscais estariam no local para orientar a população sobre a passarela. No entanto, a reportagem esteve na estação por 40 minutos e não encontrou nenhum servidor em trabalho de orientação. Por isso, cerca de oito idosos subiram pelas escadas sem saber que os três elevadores da estrutura estavam funcionando.

A dona de casa Sônia Maria Silva foi uma dessas pessoas. Ela reclamou bastante sobre a falta de informação, pois, após sair da passarela, soube do funcionamento dos elevadores.

“Eu já não concordava com essa passarela, acredito que foi um investimento errado. Poderiam ter colocado escada rolante para facilitar para todo mundo. Agora, vamos esperar para ver o que o pessoal que passa por aqui vai achar, principalmente à noite”, afirmou Sônia Silva.

De acordo com a assessoria de comunicação da Prefeitura, será averiguado o motivo da falta de fiscais e agentes no local. A assessoria afirma ainda que a orientação será feita até que a população esteja conscientizada sobre a importância da passarela.

Para que a estrutura seja utilizada integralmente, as grades que separam a calçada da via foram fechadas, e, por isso, os pedestres precisam subir e descer pelas escadas.

O auxiliar de manutenção Alex Fernandes Alves, que passa pelo local de segunda a sexta-feira, disse que, embora a distância coberta pela passarela pareça pequena, para quem trabalha o dia todo fica cansativo subir escadas no final da jornada. “Acho que poderiam ter mantido o semáforo. Sei que alegam a segurança para que passemos somente pela passarela, mas é bem cansativo”, disse.

Desempregado no momento, Jean Paulo Santos Silva gostou da passarela. “O pessoal reclama muito. Quando não tinha, eles cobravam, agora que tem a passarela, reclamam também. É preguiça das pessoas que não pensam na segurança devido à quantidade de veículos que passam por aqui”, disse Silva.

 

SETTRAN

Segundo a Settran, 1,5 milhão de veículos que passam pelo local mensalmente terão suas viagens encurtadas pelo maior fluxo ao longo da avenida, já que os semáforos foram desativados.

Já a passarela trará mais segurança para cerca de 240 mil pedestres que passam pelo local a cada mês.

Para auxiliar os pedestres, nove ascensoristas foram treinados para atuar nos elevadores nos três elevadores da passarela. Eles atuarão sete dias por semana na passarela, sempre das 5h30 às 00h30, que é o horário de funcionamento da estação do corredor de ônibus da avenida em frente ao shopping.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »