28/07/2017 às 05h32min - Atualizada em 28/07/2017 às 05h32min

Dnit não libera montagem de barracas para Romaria

Superintendência do órgão alega não ter como garantir segurança

VINÍCIUS ROMARIO | REPÓRTER
Diversas estruturas de apoio aos romeiros são montadas por fiéis e prefeituras da região / Foto: Prefeitura de Patrocínio

 

O Departamento Nacional De Infraestrutura De Transportes (Dnit) não autorizou a montagem de barracas de apoio a romeiros nas margens das rodovias da região neste ano. Tradicionalmente, entre o fim de julho e 15 de agosto, diversas estruturas são montadas para apoiar fiéis que vão em caminhada até a cidade de Romaria, a cerca de 80 km de Uberlândia, onde acontece a festa de Nossa Senhora da Abadia.

De acordo com o chefe de serviço da unidade do Dnit na cidade, Vinícius Rodrigues de Castro Júnior, esta é a segunda vez que não são autorizadas as montagens. Neste ano, a ordem partiu da Superintendência do órgão, em Belo Horizonte, que alega risco de acidentes.

“A partir do momento em autorizamos, nós assumimos um risco muito grande. Imagina se uma carreta invade uma dessas barracas. A responsabilidade será toda do Dnit, e, de acordo com a nossa superintendência, não podemos assumir essa questão”, afirmou Castro.

Apesar da proibição, a Prefeitura de Uberlândia já iniciou a montagem da tradicional estrutura de apoio na BR-365, próximo à antena. Muitas barracas também são montadas no trecho por famílias ou grupos religiosos.

Segundo Vinícius de Castro, os responsáveis pelas barracadas deverão ser notificados judicialmente caso continuem com a estrutura. “O problema é que essas barracas ficam no local durante cerca de 20 dias, e essas questões de notificação, acionamento de polícia, demoram mais do que isso, então ainda dependo da minha superintendência para saber quais providências serão tomadas”, disse.

A reportagem do Diário do Comércio entrou em contato com a Prefeitura de Uberlândia para questionar sobre a montagem da barraca, mas a Secretaria de Comunicação não enviou resposta.

 

TERCEIRA FAIXA

No ano passado, a terceira faixa da BR-365 para quem trafega sentido a Uberlândia, dos km 597 e 605, entre a ponte da represa de Miranda e a comunidade de Olhos D’água, foi reservada para romeiros durante os períodos de festividade. Nesse ano, o Dnit ainda não sabe se poderá repetir a ação. Junto a isso, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) anunciou que, devido à um contingenciamento orçamentário, também não realizará a operação “Romaria 2017”.

“No ano passado o trecho ainda estava em obras e a empresa se comprometeu a fazer essa sinalização. Nesse ano, não temos mais essa empresa no trecho”, afirmou Vinícius de Castro.

Ele disse ainda que já enviou um ofício para Belo Horizonte pedindo que a sinalização temporária seja implementada, mas ainda não obteve resposta.

“Essa sinalização custa cerca de R$ 100 mil e na nossa unidade aqui em Uberlândia não dispomos desse valor. Acredito que a reposta de Belo Horizonte deve vir nos próximos dias”, ressaltou Castro.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »