16/06/2017 às 05h26min - Atualizada em 16/06/2017 às 05h26min

Queijo produzido em Sacramento é premiado na França

DA REDAÇÃO
Marli Leite recebeu o grande prêmio do Salão Mundial do Queijo / Foto: Divulgaçãp/Emater-MG

 

A produtora de Queijo Minas Artesanal, Marli Leite, de Sacramento, na região de Araxá, recebeu o prêmio Super Ouro do Mondial du Fromage de Tours (Salão Mundial do Queijo), realizado na França. No total, 12 queijos produzidos no estado foram premiados. Participaram mais de 600 produtos de 32 países.

Marli e o marido, Joel Leite, produzem entre 50 e 70 pelas de queijo na Fazenda Caxambu. A comercialização é feita principalmente no município e região. A premiação na França foi recebida por Marli, que participou de uma missão técnica promovida pela Federação da Agricultura e Pecuária de Minas Gerais (Faemg), em parceria com a ONG SerTãoBras.

O casal conta com a orientação da Emater-MG. A veterinária da Emater-MG, Sílvia Passos, diz que o casal agora busca ampliar o mercado. “Atualmente estamos trabalhando com a família para a obtenção do Sisbi, o selo do Ministério da Agricultura que permite que eles comercializem em todo o país”, afirmou.

 

OUTROS PREMIADOS

O produtor Reinaldo de Faria Costa, do município de Vargem Grande, da região da Canastra, foi premiado na categoria Prata, com uma amostra de Queijo Minas Artesanal.  Agricultor familiar, ele produz entre 15 e 20 unidades de queijo por dia, na Fazenda Capivara.

Hoje Reinaldo Costa vende os queijos principalmente no aeroporto de Confins, próximo a Belo Horizonte, e para turistas que visitam o município de Vargem Grande, que faz parte da rota turística da Serra da Canastra. 

Outra produtora premiada do concurso mundial foi Lúcia Maria Resende, de Tiradentes, região do Campo das Vertentes. “Estou muito feliz com essa premiação, resultado de um trabalho feito com muita dedicação e responsabilidade para oferecer segurança alimentar ao nosso consumidor”, diz Lúcia.

Da região do Serro quatro queijos foram premiados. Três com medalha de prata e um com medalha de bronze. Dois queijos foram enviados pela Cooperativa dos Produtores Ruais do Serro (Coperserro).

 

Salão Mundial do Queijo

Queijos de Minas premiados:

- Super Ouro

Araxá – Fazenda Caxambu - produtora Marli Leite (município de Sacramento)

- Prata

Canastra – Capela Velha

Serro – casca lavada -  Cooperativa do Serro

Serro – casca ácaros - Cooperativa do Serro

Canastra – Vale da Gurita  

Canastra – Reinaldo de Faria Costa (município de Vargem Grande)

Serro -  Queijo Kankrej – Túlio Madureira

Sul de Minas - Santo Casamenteiro – Queijos Cruzília

- Bronze

Campo das Vertentes - Sabores do Sítio – Lúcia Resende (município de Tiradentes)

Serro – Queijo Gir – Túlio Madureira

Sul de Minas – Queijo d’Alagoa -  Osvaldo Martins de Barros Filho


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »