11/05/2017 às 08h25min - Atualizada em 11/05/2017 às 08h25min

Menos de 40% vacinou contra gripe

NO SÁBADO ACONTECE O DIA D DE VACINAÇÃO; AS UNIDADES DE SAÚDE IRÃO ATENDER ATÉ ÀS 17 HORAS

Walace Torres - editor
Da Redação
A maior parte do público-alvo em Uberlândia é de idosos, com 63 mil pessoas

Menos de 40% da população prioritária em Uberlândia procurou uma unidade de saúde para receber a vacina contra a gripe. Com pouco mais de três semanas de campanha, já receberam a dose 53,5 mil pessoas que estão em um dos grupos que têm prioridade para receber gratuitamente a dose na rede pública. A Secretaria Municipal de Saúde acredita que esse montante melhore com a mobilização que irá acontecer neste sábado (13), no dia D de vacinação contra a gripe. A vacina estará disponível em todas as unidades de saúde da rede pública, com exceção das UAIs São Jorge e Morumbi – nesses dois bairros, a vacina poderá ser encontrada nas UBSFs mais próximas. A mobilização do sábado acontece das 8h às 17h.

A maior preocupação da Secretaria de Saúde é com relação as crianças e as gestantes, que são os dois grupos com os menores índices de imunização até o momento.

Segundo balanço parcial, até terça-feira, 8,7 mil crianças acima de seis meses de vida e menores que 5 anos haviam recebido as doses. Esse grupo conta com 38 mil crianças. Entre as gestantes, 2,5 mil de um total de 7,1 mil receberam as doses. Aproximadamente 148 mil pessoas em Uberlândia fazem parte do público-alvo, que contempla ainda os trabalhadores em saúde, puérperas (até 45 dias após o parto), indígenas, idosos, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional, pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis ou com outras condições clínicas especiais, além dos professores do ensino básico e superior. Este é o primeiro ano em que professores, tanto da rede pública como privada, integram o público-alvo da campanha.

Até terça-feira, 53.505 pessoas tinham sido imunizadas na cidade, a maioria de idosos (33.927). Uberlândia conta com 63 mil pessoas acima de 60 anos que devem receber a vacina.  A meta é vacinar pelo menos 90% da população prioritária. A campanha vai até o dia 26 deste mês. “O dia D é a oportunidade daqueles que trabalham de levar as crianças e se vacinarem. Nesse dia, tradicionalmente, tem unidade que vacina mais de três mil pessoas”, diz a coordenadora municipal de imunização, Cláubia Oliveira.

A campanha de vacinação teve início no dia 17 de abril e vai até 26 deste mês.

 


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »