06/04/2017 às 08h19min - Atualizada em 06/04/2017 às 08h19min

Polícia prende suspeitos de roubo a joalheria

VINÍCIUS ROMARIO - REPÓRTER

A Polícia Civil apresentou ontem (5), em coletiva, dois homens de 22 e 29 anos suspeitos de participação em diversos roubos pela cidade e um homem de 22 anos suspeito de receptação. Segundo a delegada Gabriela Damasceno, as investigações tiveram início após um roubo a uma joalheria no dia 17 de março no bairro Brasil, setor central de Uberlândia. Na manhã de ontem, foram cumpridos sete mandados de busca e apreensão em bairros como o São Jorge, Lagoinha e Tibery e dois mandados de prisão.

 

“Tivemos que adiantar a operação porque os dois suspeitos de autoria do roubo da joalheria foram presos pela Polícia Militar (PM) na noite de terça-feira (4) por outro delito. Assim, já aproveitamos que eles eram alvos dessa investigação e cumprimos os mandados de prisão. O terceiro envolvido foi preso em flagrante na manhã de hoje (ontem) no bairro Lagoinha”, disse.

 

Entre os materiais apreendidos com os envolvidos estão joias, computadores, celulares, materiais e equipamentos para a construção civil, um motor de popa e outros diversos produtos de roubos.

 

“Algumas vítimas já começaram a reconhecer os materiais apreendidos e também reconheceram os suspeitos. Inclusive, um dos autores já confessou ter participação no roubo à joalheria e em outros crimes pela cidade”, afirmou a delegada.

 

Ainda de acordo com ela, os dois suspeitos de autoria dos roubos estavam ficando na casa do outro envolvido que foi detido ontem, no Lagoinha. “Eles são primos e a maioria dos materiais produtos de roubo foram encontrados na casa desse jovem de 22 anos, inclusive algumas munições .40, de uso restrito”, ressaltou.

 

Os suspeitos serão indiciados por crimes como roubo, porte ilegal de munição e receptação. 


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »