17/03/2017 às 09h03min - Atualizada em 17/03/2017 às 09h03min

Sábado terá ação contra febre amarela

TODAS AS UNIDADES DE SAÚDE DE UBERLÂNDIA IRÃO FUNCIONAR PARA APLICAR AS DOSES DA VACINA DAS 8H ÀS 17 HORAS

Walace Torres - editor
Da Redação
Equipes de saúde priorizaram vacinação na zona rural em função da confirmação do vírus no município

Quem ainda não recebeu a dose da vacina contra a febre amarela em Uberlândia poderá ser imunizado neste sábado, quando a Secretaria de Saúde fará uma ação de mobilização em toda a rede municipal. Todas as unidades de saúde estarão aplicando a vacina das 8h às 17h. São 67 UBSFs, oito UBSs e seis UAIs – no Morumbi e São Jorge não há salas de vacinação, mas a população poderá encontrar a vacina nas Unidades Básicas de Saúde da Família do próprio bairro.

Segundo a coordenadora do Programa Municipal de Imunização, Cláubia Oliveira, a expectativa é que 15 mil pessoas sejam imunizadas somente no sábado. Ela reforça a necessidade das pessoas levarem o cartão de vacinação para ajudar no controle. “Isso nos facilita bastante o trabalho. Quem não apresentar o cartão passará por uma entrevista”, disse.

A mobilização do sábado visa facilitar o acesso das pessoas que têm dificuldades de ir até uma unidade de saúde durante a semana, especialmente as que moram na zona rural. Com a confirmação do vírus da febre amarela circulando no município, houve aumento da procura nos postos de vacinação. Mais de 43 mil doses já foram aplicadas este ano em Uberlândia. Apesar do registro em macacos, não há nenhum caso registrado de febre amarela em humanos em Uberlândia.

A vacina é aplicada duas vezes na vida, com intervalo de dez anos entre as doses (veja mais abaixo). Crianças de 6 a 8 meses também poderão receber a primeira dose, o que não exclui o retorno ao posto de saúde aos 9 meses de vida. “Essa primeira dose é por precaução em função do vírus estar circulando. É uma dose extra e não faz parte do calendário. Essas crianças, excepcionalmente, irão tomar três doses”, diz Cláubia.

Idosos que nunca tomaram uma dose e gestantes também poderão ser vacinados, desde que apresentem uma avaliação médica.

 

Zona rural

 

Na zona rural, a vacinação foi reforçada depois da confirmação da morte de um macaco pelo vírus da febre amarela. As equipes de imunização percorreram todas as regiões e foram de porta em porta levando a vacina. No entanto, muita gente não foi encontrada. Para completar a imunização desse público, a Secretaria de Saúde vai instalar a partir da próxima semana pontos fixos de vacinação. Serão cinco pontos em cada localidade. Essa mobilização deve ser concluída até o dia 30, mas quem estiver na cidade no sábado também poderá se antecipar e procurar uma unidade de saúde para ser imunizado.

 

 

TIRE SUAS DÚVIDAS SOBRE A VACINAÇÃO

 

É para vacinar todo mundo que procurar a unidade?

A vacinação é seletiva, não é campanha indiscriminada. É necessário avaliar o cartão.

 

Adultos que tomaram uma dose há menos de 10 anos podem adiantar a segunda?

Não. É preciso aguardar os 10 anos. Exemplo: quem tomou uma dose em 2008 deve aguardar para vacinar em 2018, e não antecipar.                       

 

Se a pessoa não tiver o cartão é para vacinar?

Sim, mas deve ficar atenta para as contraindicações.                       

 

É para vacinar crianças de 6,7, 8 meses?

Sim, com a circulação do vírus da febre amarela no município, recomenda-se a vacinação contra febre amarela. Importante: com 9 meses a criança tomará outra dose. O intervalo mínimo tem que ser de 30 dias entre uma dose e outra (essas crianças, excepcionalmente, ficarão com ficarão com 3 doses)

 

Quem vacinar?

 

1 - Crianças de 6 ,7 e 8 meses recebem uma dose e agendam outra com 9 meses. Intervalo de 30 dias entre uma e outra. E com 9 meses agendar mais uma dose para 4 anos. (essas crianças ficarão com ficarão com 3 doses)

2 - Crianças menores de 5 anos devem receber duas doses de febre amarela (aos 9 meses e 4 anos)

3 - Crianças que receberam uma dose antes dos 5 anos, precisa receber outra dose de imediato. Exemplo: criança maior de 5 anos recebeu dose aos 9 meses e estava aprazado para 11 anos, desconsidere o aprazamento e faça a vacina de imediato. Lembrar intervalo de 30 dias entre uma dose e outra

4 - Pessoas entre 5 e 59 anos devem tomar duas doses, com intervalo de 10 anos entre uma dose e outra

5 - Gestante só com avaliação medica (categoria 3)

6 - Mulheres amamentando crianças com menos de 6 meses, se for vacinar, deve suspender o aleitamento materno por 30 dias

7 - Pessoas com mais de 60 anos que nunca vacinaram ou não têm o cartão, devem vacinar somente com relatório médico

8 - Se tem mais de 60 anos com uma dose aplicada há mais de 10 anos, pode fazer a segunda dose


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »