10/11/2021 às 08h07min - Atualizada em 10/11/2021 às 08h07min

Mutirão online oferece renegociação de dívidas a consumidores de Uberlândia

Serviço acontece até dia 30 de novembro; interessados devem acessar a plataforma de solução de conflitos no site consumidor.gov.br

DA REDAÇÃO
Renegociação deve ser feita através do site site consumidor.gov.br I Foto: Pixabay
Consumidores que estão com dívidas com bancos ou instituições financeiras poderão participar de um mutirão online de renegociação de dívidas. De acordo com a  Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) de Uberlândia, o serviço estará disponivel até 30 de novembro. A iniciativa é da Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), Federação Brasileira de Bancos (Febraban), Banco Central e Senado Federal. Em todo país, mais de 200 instituições integram o mutirão.

Poderão ser negociadas as dívidas que estão em atraso contratadas com bancos ou financeiras e as que não possuem bens em garantia, como financiamentos de veículos ou imóveis, por exemplo. O consumidor interessado deve acessar a plataforma de solução de conflitos no site do Consumidor.

O superintendente do Procon Egmar Ferraz informou que a ação atenderá aos consumidores que estão em débito e deixam de procurar o Procon ou até mesmo instituições financeiras por se sentirem constrangidos com a situação. “Acredito que esse mutirão pela internet vai incentivar as pessoas a negociarem suas dívidas e saírem dessa situação que causa diversos transtornos na vida do cidadão”.

COMO PARTICIPAR 
Para participar do mutirão online, o consumidor deve fazer o seu registro na plataforma quando receberá login e senha. Em seguida, é necessário relatar o problema e informar que deseja participar do mutirão de renegociação. No momento do preenchimento, é imprescindível informar corretamente os telefones e e-mail para contato, pois os dados facilitarão o atendimento por parte dos bancos e instituições financeiras participantes.

Após finalizar o registro, o banco ou instituição financeira tem o prazo de 10 dias para apresentar uma proposta ou resposta para o consumidor. Terminado o prazo para resposta do fornecedor, o consumidor tem o prazo de 20 dias para avaliar o retorno dado.

VEJA TAMBÉM:

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »