29/10/2021 às 09h00min - Atualizada em 29/10/2021 às 09h00min

Uberlândia terá 10 feriados em dias de semana em 2022

Maioria abre possibilidade para o prolongamento da folga; comércio avalia cronograma como negativo para retomada da economia

GABRIELE LEÃO
De acordo com calendário, 10 dos 12 feriados serão em dias de semana I Foto: Arquivo Diário
O ano de 2022 será de muitas folgas no meio da semana. Isso porque, de acordo com o calendário divulgado pela Prefeitura de Uberlândia, no Diário Oficial do Município, a cidade terá 10, dos 12 feriados previstos, no meio da semana. Entidades e empresários de Uberlândia analisaram o cenário das datas comemorativas como negativo para a retomada da economia pós-pandemia.
 
O que se destaca no próximo ano é que quatro feriados serão na quarta-feira, sendo eles: 31 de Agosto, Aniversário de Uberlândia; 7 de setembro, Independência do Brasil; 12 de outubro, Dia de Nossa Senhora Aparecida e 2 de novembro, Finados.
 
Dos 12 feriados, apenas três coincidem com o final de semana, entre eles 1º de janeiro, Confraternização Nacional, no sábado. Aos domingos coincidem o 1º de Maio, Dia do Trabalho, e o Natal, no dia 25 de dezembro.
 
Comparado a este ano, 2022 terá um feriado a mais durante a semana. Diferente de 2021, que teve oito feriados com possibilidades de serem prolongados, no próximo ano apenas três devem emendar com o final de semana, sendo eles: sexta-feira 15 de abril, Paixão de Cristo; quinta-feira 16 de junho, Corpus Christi e 15 de agosto, Dia de Nossa Senhora Abadia, em uma segunda-feira.
 
POSSÍVEIS PREJUÍZOS
Para o comércio e indústria, as folgas durante a semana podem não ser tão vantajosas, pois a cidade passa pela retomada da economia devido a pandemia. A Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) e a Associação Comercial e Industrial de Uberlândia (Aciub) avaliam negativamente o calendário de 2022, mesmo que a maioria dos feriados seja no meio da semana, sem a possibilidade de emendar com o fim de semana.

De acordo com o presidente Aciub, Romes Junqueira, os feriados sempre geram impactos, pois paralisam as atividades em dias que seriam úteis. Em razão disso, acontece, automaticamente, uma redução na produção ou comercialização.
 
“Quando existe a possibilidade de manter as atividades no feriado, os empreendedores são impactados com a questão do custo trabalhista e de funcionamento do local. Considerando que 2022 deve ser um ano de retomada, depois de dois anos de pandemia com uma grande quantidade de dias parados por conta das medidas restritivas, temos que focar na produção, comercialização e retomada do aquecimento da economia, pois cada dia perdido significa muito”, explicou.
 
Para a superintendente da CDL, Lécia Queiroz, os feriados reduzem os dias úteis trabalhados e, consequentemente, causam um impacto negativo no faturamento. Ela aconselha que os empresários avaliem de forma minuciosa a possibilidade de abrir em alguns recessos.
 
“Em 2022 a gente percebe que esses feriados no meio da semana não provocam os famosos feriados prolongados e isso gera a opção de alguns comerciantes abrirem em algumas datas. É importante que os lojistas estejam atentos ao planejamento financeiro, custo-benefício, além de estar ciente da intenção de compra do cliente”, comentou.

REFLEXOS PARA O COMÉRCIO
A empresária Simone Reis é dona de duas lojas de calçados em Uberlândia e a experiência com a pandemia não trouxe tantos pontos positivos. Isso porque, além de reduzir o quadro de funcionários, a dona da loja não conseguiu grandes resultados com as vendas online.


Para 2022, Simone Reis avalia a abertura do estabelecimento em dias de feriados para recuperar os danos causados pela pandemia. Segundo o balanço da loja, nos feriados nacionais o prejuízo chega a 8,5%. Já nos feriados estaduais e municipais o prejuízo chega a 5%. O total, no ano, é de 13,5 % de comprometimento no faturamento da loja.
 
“Percebemos uma diminuição de movimento nos feriados, isso porque o custo para abrir também é alto, e como nem todos os lojistas aderem fica difícil atrair o cliente. Mas, depois da má experiência com as vendas online e despesas causadas pela pandemia, temos estudado a possibilidade de abrir em alguns feriados”, comentou a empresária.

Confira o calendário de feriados:


VEJA TAMBÉM:

 
 
 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »