01/10/2021 às 18h30min - Atualizada em 01/10/2021 às 18h30min

Uberlândia adere à Campanha Nacional de Multivacinação

Foco é atualizar esquemas vacinais incompletos de crianças e adolescente de até 15 anos contra sarampo, meningite e caxumba

​DA REDAÇÃO
Indicação é reforçar a proteção contra sarampo, meningite e caxumba I Foto: Valter de Paula/SECOM/PMU
A Prefeitura de Uberlândia iniciou nesta sexta (1º) as ações de imunização no município como parte da Campanha Nacional de Multivacinação 2021. O objetivo é promover a vacinação de crianças e adolescentes contra sarampo, meningite e caxumba.
 
Devem atualizar o cartão de vacina crianças de um ano a adolescentes menores de 15 anos não imunizados ou com esquemas incompletos. A proposta da campanha é verificar se o cartão de vacina está em dia, a fim de garantir a proteção deste grupo.  A Campanha de Multivacinação será realizada até o dia 29 de outubro, sendo o Dia D de mobilização nacional em 16 de outubro.
 
A iniciativa é uma grande oportunidade para os pais colocarem em dia o cartão de vacina dos filhos e reforçar a proteção contra várias doenças, conforme explicou a coordenadora do Programa de Imunização, Cláubia Oliveira.
 
“A Campanha é mais uma chance que os pais têm de procurarem as unidades de saúde para deixarem os filhos protegidos. É um período em que intensificamos nossas ações, para lembrar a todos da importância da vacina”.
 
O município tem à disposição 74 salas de vacina. Nas Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSF) elas estarão funcionando das 7h30 às 16h30. Já nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), será das 8h às 18h30. Nos ambulatórios das Unidades de Atendimento Integrado (UAI) – exceto Morumbi, São Jorge e Pampulha –, também haverá vacinação. O horário de atendimento é das 8h às 20h. Devido à situação da pandemia, as equipes estarão seguindo todas as medidas de proteção.
 
MENINGOCÓCICA C
Durante a verificação do cartão de vacinas, a equipes também estarão ministrando a vacina meningocócica C (conjugada) nas crianças com idade até 10 anos que ainda não foram vacinadas. A decisão de alterar, temporariamente, a faixa etária de vacinação deste público foi do Ministério da Saúde a fim de proteger as crianças e adolescentes, evitando ocorrência de surtos da doença.
 
A meningocócica C proteger contra o tipo C da doença, que pode evoluir para meningite e outras enfermidades graves causadas pelas bactérias meningocócicas. A vacina está disponível para crianças menores de cinco anos, sendo administrada em esquema de duas doses.
 
COVID-19
O Município lembra que diante da necessidade de ampliar as coberturas vacinais, o Ministério da Saúde determinou que, a partir do dia 28 de setembro, não haverá mais a necessidade de intervalo de 14 dias na aplicação de doses de outras vacinas em uso no país com a da Covid-19, independentemente do imunizante. Desta forma, as vacinas poderão ser administradas de maneira simultaneamente com as demais em qualquer intervalo.


VEJA TAMBÉM:

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »