25/09/2021 às 13h00min - Atualizada em 25/09/2021 às 13h00min

Prefeitura anuncia que deverá fazer mutirão de castração em animais em Uberlândia

Expectativa é que ação aconteça em fevereiro de 2022; ONGs e protetores de Uberlândia recebem doação de 1,5 mil doses de vacinas para animais

GABRIELE LEÃO
Durante o evento, o Município anunciou evento de castração em fevereiro de 2022 | GABRIELE LEÃO/DIVULGAÇÃO
Nesta sexta-feira (24), a Prefeitura de Uberlândia informou que deverá realizar, em fevereiro de 2022, um mutirão de castração animal. A expectativa é castrar 5 mil animais, entre gatos e cachorros. O anúncio foi feito durante uma cerimônia de entrega de uma doação de 1.500 doses da vacina múltipla V8 para ONGs e protetores da cidade.

O deputado estadual, Noraldino Jr. (PSC), que promoveu a doação de vacinas, compareceu ao evento e comentou sobre a falta de recursos e políticas públicas destinadas à causa animal. O parlamentar comentou ainda sobre o projeto de castração animal.
“A expectativa é fazer em fevereiro um grande evento de castração animal em Uberlândia, com apoio da Prefeitura. Isso vai colocar o município como referência em proteção animal na América Latina e ser exemplo para outras cidades”, comentou.

Após o discurso do deputado, a secretária de Governo e Comunicação, Ana Paula Araújo informou que o valor a ser disponibilizado para o mutirão de castração será de R$1,1 milhão. Contudo, não passou mais detalhes sobre como funcionará a ação.

DOAÇÃO VACINAS
O início da ação de doação de vacinas surgiu a partir do protetor e graduando de medicina veterinária, André Reis, que trabalha há 10 anos como protetor e tem cerca de 76 animais abrigados. Ele entrou em contato com o deputado há 45 dias e, após explicar a situação dos animais no município, ambos entraram em acordo para a doação das vacinas, com apoio da Prefeitura.

“Depois do retorno do apoio, entrei em contato com algumas ONGs e protetores de Uberlândia para contabilizar a quantidade média de animais que precisavam da vacina. Ao todo, 45 instituições receberam doses para a imunização animal”, comentou.
As doses foram compradas pela ONG Aliança Juizforana pela Defesa dos Animais (Ajuda), por meio de verba parlamentar do deputado estadual Noraldino Jr., e foram entregues para protetores e ONGs do município.

A vacina múltipla V8 protege os animais contra a cinomose, hepatite infecciosa canina, parvovirose, além de outras infecções causadas pela leptospirose. Algumas doenças não têm cura ou são dificilmente tratadas.


ONGS E PROTETORES
O recebimento das vacinas contou com a presença de diversos protetores de animais na cidade. Maria Aparecida dos Anjos, advogada e presidente da ONG Bicho sem Grilo, recebeu 50 doses da vacina.
O local que atende cerca de 300 animais, entre cães e gatos, vai fazer uma seleção para distribuir as doses entre os animais. Maria dos Anjos ainda comentou que a parceria entre o poder público e instituições de causa animal está progredindo gradativamente.

“É importante ressaltar que nos últimos anos temos percebido mais ações de políticas públicas e o recebimento dessas doses já é um grande passo para as instituições e protetores de Uberlândia. Cada vez que uma ação é feita em favor da causa animal, é um avanço para o bem-estar deles”, comentou.
Protetora há 30 anos, Maria dos Anjos ainda disse que a pandemia tem dificultado as feiras de adoções e ações para as causas animais. “Precisamos cuidar dos animais que atendemos, pois temos muitos deles nas ruas e com protetores na cidade, e a pandemia tem dificultado o trabalho de acolhimento dos animais e até mesmo impacta na falta de voluntários”, contou.
 
 
 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »