12/09/2021 às 12h00min - Atualizada em 12/09/2021 às 12h00min

Obras no aeroporto de Uberlândia entram em fase final

Expectativa é de que até dezembro deste ano tudo seja entregue; aeroporto espera atender três vezes mais passageiros do que atualmente

LORENA BARBOSA
Aeroporto espera atender três vezes mais passageiros | INFRAERO/DIVULGAÇÃO
A reforma de ampliação e modernização do Aeroporto Tenente Coronel Aviador César Bombonato, em Uberlândia, está em fase final. As áreas de embarque, desembarque e check-in já foram entregues. Depois de entregue, a expectativa é que o terminal de passageiros possa atender 3,9 milhões de pessoas por ano, três vezes mais do que atende atualmente. Os investimentos totais da obra são de R$29,7 milhões.
 
Segundo o gerente de obras do aeroporto, Vitor Hugo Campos Rizzotto, a reforma é importante para atender a crescente demanda por voos da cidade. “A área de embarque era muito pequena então foi feita a ampliação desse espaço. Essa foi a primeira parte da obra entregue, finalizada em junho deste ano. O aeroporto que tinha cara de um aeroporto pequeno foi modernizado. Em agosto nós entregamos toda a área de embarque e desembarque com as duas esteiras e um espaço muito mais amplo”, disse Rizzotto.
 
Além do novo espaço para retirada de bagagens despachadas, os novos sanitários, que eram um problema até pela pouca acessibilidade, também já estão à disposição dos passageiros.
 
Ainda de acordo com Vitor Hugo, a obra também trouxe mais modernidade. O aeroporto de Uberlândia agora tem climatização central, sistemas de iluminação e automação predial, portas automáticas, sistema de combate a incêndio e monitoramento por câmeras. A sustentabilidade também fez parte do projeto e agora o prédio conta com um sistema de captação da água da chuva para reuso.
 
“A parte térrea já está finalizada. O que tá faltando pra entregar é o 1º e 2º pavimento, que são áreas de serviços. No primeiro são espaços das companhias, depósitos e pontos de apoio. No segundo faremos um mirante com vista panorâmica e a parte administrativa da Infraero. Esse espaço já está em fase de acabamento para ser entregue em outubro”, explicou o gerente de obras.
 
Mesmo com atrasos devido a pandemia, 92% do trabalho já foi concluído. Toda a operação estava prevista para ser finalizada em outubro, mas foi solicitado um acréscimo de 90 dias para a entrega total da obra para que seja feito o condicionamento do novo sistema eletrônico operacional. Nesse período a construtora permanece no aeroporto para verificar junto com a Infraero se tudo está funcionando bem.
 
“Tivemos atraso de fornecimento de material devido a pandemia. Precisamos recorrer a compra de insumos direto de fábricas por falta de material aqui na cidade. Equipamentos como esteiras e elevadores tiveram a entrega adiada. São pequenos atrasos que resultam no pedido de acréscimo da entrega total da obra.”, concluiu Vitor Hugo Campos Rizzotto
 
 
 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »