06/09/2021 às 14h25min - Atualizada em 06/09/2021 às 14h25min

Uberlândia recebe lote de vacinas Coronavac interditado pela Anvisa

Secretaria Municipal de Saúde garante que nenhuma dose foi aplicada; fábrica que envasou lote não foi autorizada pelo órgão federal

DA REDAÇÃO
Ainda não se sabe a quantidade de doses recebidas pelo Município | Foto: GERALDO BUBNIAK/AEN

Uberlândia recebeu um dos lotes de vacinas Coronavac, produzidas pelo Instituto Butantan, que foram interditadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) no último sábado (4). Em nota, a Anvisa publicou a proibição da distribuição e o uso do lote embalado não aprovados na Autorização de Uso Emergencial (AUE).

No município, a Secretaria Municipal de Saúde informou, por meio de nota, que recebeu o lote de vacinas e garantiu que nenhuma foi distribuída. Ressaltou ainda que a responsabilidade da aquisição de doses é inteiramente do Ministério da Saúde e aguarda orientações do órgão federal sobre os procedimentos e conduta adequados para devolução das doses, caso seja necessário.

A Secretária Municipal de Saúde ainda não informou quando o lote com as vacinas chegou à cidade, nem qual remessa seria ou a quantidade de doses. 


BRASIL
No Brasil, foram enviados 25 lotes na apresentação frasco-ampola (monodose e duas doses), totalizando 12.113.934 doses. A unidade responsável pelo envase das doses não foi inspecionada e não foi aprovada pela Anvisa na Autorização de Uso Emergencial da referida vacina.

Na publicação, a vigilância ainda informou que o Instituto Butantan disse que outros 17 lotes, totalizando 9 milhões de doses, também embalados no local não inspecionado pela Agência, estão em tramitação de envio e liberação ao Brasil. 


VEJA TAMBÉM:


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »