18/08/2021 às 10h12min - Atualizada em 18/08/2021 às 10h12min

Senac abre 2,6 mil vagas para cursos técnicos gratuitos no Triângulo Mineiro

Ao todo, são 17 opções em áreas como saúde, informática, gestão, beleza e moda; inscrições começam na próxima sexta-feira (20)

DA REDAÇÃO
Ação será disponibilizada também na unidade Senac Uberlândia | Foto: Divulgação
O Senac irá ofertar mais de 2,6 mil vagas gratuitas em cursos técnicos no Triângulo Mineiro através do projeto Trilhas de Futuro. A ação será disponibilizada nas unidades de Uberlândia, Uberaba, Araxá, Coromandel, Ituiutaba, Patos de Minas e Patrocínio. Os interessados devem fazer as inscrições entre os dias 20 e 30 de agosto pelo site.

O projeto é destinado a estudantes regularmente matriculados nos segundo e terceiro ano do ensino médio, estudantes regularmente matriculados em qualquer período da Educação de Jovens e Adultos (EJA) e jovens que concluíram o ensino médio.

As oportunidades são para 17 cursos diferentes em áreas como saúde, informática, gestão, beleza e moda. Além das aulas, os participantes receberão vale-transporte e alimentação, cerca de R$ 18 por dia, como apoio para frequentar os cursos. 
Os interessados devem ficar atentos aos pré-requisitos para participação no programa e os documentos necessários para realização da matrícula, que estão disponíveis no site .

Além disso, contam com o Rede de Carreiras, um serviço gratuito do Senac em Minas, com atuação desde 2014, que tem o objetivo de conectar, por meio do portal de vagas, alunos e candidatos interessados em oportunidades de estágio e emprego às empresas que desejam divulgar suas vagas e selecionar profissionais qualificados.

As aulas serão presenciais, com adequação às medidas locais de prevenção à Covid-19. Os cursos têm início previsto para o mês de outubro e duram, em média, de 18 a 24 meses. 


Todas as regiões de Minas Gerais contam com a participação do Senac no Trilhas de Futuro, somando 33 cidades. Ao todo, serão 11 mil vagas para todo o estado. Mais informações podem ser conferidas no site do projeto Trilhas de Futuro.


 

VEJA TAMBÉM:


 
 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »