11/03/2021 às 20h00min - Atualizada em 11/03/2021 às 20h00min

Bombeiros fazem campanha para ajudar famílias de baixa renda em Uberlândia

Estão sendo recolhidos alimentos não perecíveis e cestas básicas; doações podem ser feitas até 31 de março

FERNANDO NATÁLIO
O 5º Batalhão de Bombeiros Militar de Uberlândia (5° BBM) realiza uma campanha para arrecadar alimentos a serem doados para famílias de baixa renda e que estão vivendo em condições precárias na cidade. Com o apoio de algumas ONG's (Organizações Não Governamentais) que têm essas famílias cadastradas, os bombeiros farão a distribuição de todo o material que for recebido. As famílias mais necessitadas já começaram a receber parte das primeiras doações. Com cerca de uma semana de arrecadação, a campanha, que foi iniciada no último dia 3 e irá até o dia 31 de março, já recebeu cerca de 120 cestas básicas e alimentos não perecíveis.

De acordo com o Sargento Dhiego Costa, da assessoria de comunicação do 5° BBM, os bombeiros do 5° Batalhão decidiram fazer essa campanha por causa do impacto causado pela pandemia da Covid-19 na saúde e na economia de Uberlândia.

“Temos visto muitas famílias, na cidade, passando fome. Isso tem ocorrido em todas as regiões do município. E nas periferias, essa situação é ainda mais frequente. São muitas pessoas que perderam emprego, que tiveram salários reduzidos nos últimos tempos. É uma situação difícil, que tem ficado cada vez pior devido à pandemia”, disse Sargento Dhiego Costa. “Ao vermos tudo isso, resolvemos ajudar essas famílias com doações que serão, exclusivamente, de alimentos, que vamos doar pra amenizar um pouco essas dificuldades e esse sofrimento”, completou. Segundo o Sargento Costa, estão sendo recolhidos somente alimentos não perecíveis e cestas básicas.

A campanha tem como ponto de arrecadação a sede do 5º Batalhão de Bombeiros Militar, localizada na Avenida Rondon Pacheco, n° 5.715, no bairro Brasil. As doações podem ser feitas de segunda a sábado, das 8h às 18h. “Contamos com o apoio da população, fazendo essas doações de alimentos, para que possamos atender o maior número de famílias possível com essa ajuda”, concluiu Sargento Costa.

 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »