05/03/2021 às 19h22min - Atualizada em 05/03/2021 às 19h22min

Prefeitura confirma circulação de duas variantes do coronavírus em Uberlândia

Das 38 amostras analisadas, 25 mostraram a variante de Manaus e uma, do Reino Unido; prefeito afirmou que as redes pública e particular estão em colapso

DA REDAÇÃO
Confirmação foi dada em uma coletiva de imprensa na tarde desta sexta-feira (5) | Foto: Divulgação
A Prefeitura de Uberlândia divulgou, nesta sexta-feira (5), em uma coletiva de imprensa, a confirmação de que duas variantes do novo coronavírus estão circulando na cidade. As amostras analisadas apontaram que as variantes são a de Manaus (P.1) e do Reino Unido (B.1.1.1.7).

A análise foi feita pelo Laboratório de Virologia do Instituto de Ciências Biomédicas (ICBIM) da Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e pelo Instituto de Medicina Tropical da Universidade de São Paulo (USP) em 38 das 44 amostras de secreção de nasofaringe (swab nasal) que foram coletadas na cidade na última semana de fevereiro de 2021. Destas, 25 mostraram a variante de Manaus e uma amostra mostrou a variante britânica.

A investigação ocorreu devido ao aumento considerável de novos casos e de mortes relacionadas à Covid-19 em Uberlândia, além da detecção da variante P.1 em regiões próximas. “A investigação da UFU confirmou a nossa suspeita diante da rapidez no aumento dos óbitos e internações nas últimas semanas. Vivemos uma situação grave, pois essas variantes, principalmente a britânica, são de alta transmissibilidade e letalidade. Cada um tem que fazer a sua parte agora, temos que ter responsabilidade social”, destacou o secretario municipal de Saúde, Gladstone Rodrigues da Cunha.

Ainda durante a coletiva, o prefeito Odelmo Leão reforçou que fez um pedido ao Ministério da Saúde solicitando apoio à cidade com mais recursos para garantir que não falte assistência à população. “Nossa situação é dramática. Enviei três ofícios ao ministério. Precisamos de mais leitos, as redes pública e particular estão em colapso, e não tem mais limite de crescimento”, explicou. 


 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »