02/03/2021 às 16h30min - Atualizada em 02/03/2021 às 16h30min

Campanha arrecada recursos para máscaras e ventiladores ao HC-UFU

Associação Resgatando Corações quer distribuir os equipamentos para auxiliar no combate e tratamento da Covid-19 em Uberlândia

BRUNA MERLIN
Objetivo é adquirir máscaras de ventilação e ventiladores para pacientes I Foto: Arquivo Diário
A Associação Resgatando Corações está pedindo a ajuda da população para arrecadar recursos que serão destinados ao Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (HC-UFU) para auxiliar no combate e tratamento da covid-19. A campanha tem como objetivo adquirir máscaras de ventilação e ventiladores para pacientes.
 
Segundo o presidente da ONG, Marcelo Moreira Babo, a campanha começou no dia 25 de fevereiro e já foram arrecadados R$ 80 mil. Inicialmente, a intenção era comprar somente as máscaras, mas o apoio da população foi surpreendente, tornando possível a compra de ventiladores.
 
“Ainda estamos realizando os orçamentos, mas com esse recurso esperamos conseguir comprar cinco ventiladores que custam cerca de R$ 7 mil e o restante será investido nas máscaras que custam em torno de R$ 400”, detalhou.
 
A expectativa é de que os equipamentos cheguem em até 30 dias na cidade para que possam ser distribuídos ao HC-UFU. Ainda de acordo com Marcelo, a ONG também pretende ajudar algumas Unidades de Atendimento Integrado (UAIs) que estão com leitos lotados devido ao grande aumento no número de casos confirmados da doença.
 
“Queremos expandir essa campanha para as UAIs também, estamos analisando a possibilidade e iremos fazer uma logística para que isso aconteça. Em razão da grande demanda dos equipamentos em todo o país, o prazo de entrega é estendido, mas mesmo assim, essa ajuda fará muito diferença para as unidades de saúde”, complementou.
 
Conforme dito pelo presidente da ONG, não existe uma meta para ser alcançada. A campanha ficará disponível por tempo indeterminado. “Deixaremos a ação aberta e a medida que os recursos forem chegando nós iremos atrás de mais equipamentos. A campanha irá durar até quando não tiver mais doações”, explicou Marcelo Moreira.
 
Os interessados em contribuir podem doar qualquer valor através do Pix da conta corrente da Associação Resgatando Corações (PIX: 30378099000120). Mais informações podem ser obtidas no Instagram oficial da ONG @ongresgatandocoracoes.
 
O Diário de Uberlândia entrou em contato com a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), que administra o HC-UFU, para saber se a unidade está com falta dos equipamentos. Além disso, também foi questionado como está sendo feita a reposição dos mesmos.
 
Por meio de nota, a Ebserh e a diretoria do HC-UFU informaram que há quantidade suficiente de equipamentos de proteção individual (EPIs) e insumos para atendimento aos casos de Covid-19. Ressaltou que não há desabastecimento no momento, porém, agradeceu a iniciativa da Associação Resgatando Corações.
 
“É importante ressaltar que estamos em um cenário de crise sanitária, com alta demanda de atendimento, ampliação de leitos para atendimento a casos de Covid e a mobilização da sociedade é fundamental neste momento”, constou a nota.
 
ASSOCIAÇÃO RESGATANDO CORAÇÕES
A Associação Resgatando Corações foi fundada em 2018 por um grupo de médicos cardiologistas, empresários e advogados. A ONG foi criada para amparar e auxiliar pessoas de baixa renda que precisam de equipamentos e medicamentos durante a realização de cirurgias cardiovasculares.
 
“Desde 2018 atuamos em prol dessas pessoas junto ao HC-UFU. No início, recebemos por volta de R$ 120 mil de doadores. Com esse recurso, sustentamos nossas atividades até o presente momento”, explicou o presidente, Marcelo Moreira.
 
Durante a pandemia do novo coronavírus, os membros da ONG decidiram expandir as ações e então criaram a campanha para a arrecadação das máscaras e ventiladores ao HC-UFU. “É uma ação esporádica porque vimos que a cidade precisa devido às condições atuais”, ressaltou.
 
A população também pode ajudar a ONG a crescer com as ações que beneficiem pessoas com problemas cardiovasculares. Para isso, os interessados podem realizar um PIX de qualquer valor à associação.




 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »