15/02/2021 às 19h34min - Atualizada em 15/02/2021 às 19h34min

Uberlândia tem recorde de mortes por Covid-19 em um só dia

Foram registradas 14 óbitos em decorrência da doença nesta segunda (15)

DA REDAÇÃO
Boletim desta segunda apontou mais 14 mortes I Foto: Pixabay
Uberlândia registrou nesta segunda-feira (15) um recorde no número de mortes por coronavírus. De acordo com o boletim divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), nas últimas 24h foram contabilizadas 14 novas mortes, maior número apurado desde o início da pandemia. Até o momento, a maior quantidade de mortes em 24 horas tinha sido verificada no dia 1º de setembro, com 11 óbitos, segundo os dados divulgados pela SMS.

Ainda de acordo com o informativo desta segunda, também foram registrados, 510 novos casos de covid-19. Com a atualização, a cidade acumula, agora, um total de 62.683 confirmações da doença e 897 mortes em decorrência do novo coronavírus. Dentre os novos infectados, 470 pessoas foram diagnosticadas com o vírus pelo teste RT-PCR e 40 através de testes rápidos e de sorologia.

Entre as 14 vítimas desta segunda, 12 estavam internadas na rede municipal de saúde. Eram sete do sexo masculino, sendo dois com idade de 58 anos e os outros com 69, 70, 81, 83 e 86 anos; e cinco pacientes do sexo feminino, com idades de 57, 68, 72, 79 e 81 anos. As outras duas vítimas estavam hospitalizadas na rede particular. Eram duas pacientes do sexo feminino, com idades de 51 e 54 anos.

O boletim desta segunda também mostrou que outros 69 casos suspeitos seguem sob investigação. Ao todo, 198.451 pessoas já testaram negativo para o vírus na cidade e 52.717 pacientes se recuperaram da doença.

Ainda de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, 504 pacientes estão hospitalizados com sintomas do coronavírus na rede pública e privada da cidade. Destes, 201 estão internados em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) e 303 em leitos de enfermaria. A taxa de ocupação dos leitos destinados à Covid-19 na rede municipal é de 98%.
 
MG E BR
Em Minas Gerais, o número de óbitos subiu para 16.887, conforme consta no boletim da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) desta segunda (15). Em relação à quantidade de pessoas contaminadas, o estado tem 808.693 registros. Ainda conforme o boletim estadual, 58.424 casos estão em acompanhamento e 733.382 pessoas já se recuperaram da doença.

Até segunda (15), o Brasil contabilizava 239.245 mortes causadas pelo coronavírus. O número de casos confirmados subiu para 9.834.513. Os dados desta segunda não haviam sido divulgados até a publicação desta reportagem.


MEDIDAS RESTRITIVAS
Devido ao aumento recente de casos, mortes e internações em decorrência da doença na cidade, o Comitê Municipal de Enfrentamento á Covid-19 anunciou, no início de fevereiro, medidas restritivas. De acordo com a determinação, nenhum estabelecimento pode vender bebidas alcoólicas no fim de semana e, durante a semana, das 18h às 5h.

As atividades econômicas não essenciais, entre elas o comércio (incluindo lojas, bares e restaurantes) também não podem funcionar nos fins de semana e após as 18 horas de segunda a sexta. A medida está em vigor desde o dia 5 de fevereiro e irá até a próxima quarta-feira (17), quando o Comitê fará nova avaliação.
 
VACINAÇÃO
Desde o início da vacinação contra a Covid-19 na cidade, a Prefeitura de Uberlândia já contabiliza 15.461 mil doses aplicadas nas pessoas consideradas prioritárias. O valor representa aproximadamente 80,6% das 19 mil doses enviadas pelo Governo de Minas nesta fase inicial.  Dentro deste total estão contabilizadas apenas as primeiras doses das duas que devem ser aplicadas.

Neste primeiro momento, estão sendo contemplado os grupos prioritários, como trabalhadores da saúde (profissionais que prestam serviço em estabelecimento de saúde) e os idosos. As equipes de imunização já visitaram os idosos com mais de 60 anos que moram em Instituições de Longa Permanência (ILPIs) e iniciaram a vacinação em domicílio dos que estão acamados.

No último final de semana também começou a vacinação dos idosos que estão acima dos 87 anos. A imunização deste grupo aconteceu com parte das doses que chegaram na última remessa enviada pelo Governo de Minas. Utilizando o sistema de drive-thru (sem a necessidade dos idosos saírem do veículo), as equipes imunizaram mais de 3,5 mil idosos durante três dias de trabalho. Com uma estrutura de 14 pontos de vacinação e mais de 70 profissionais envolvidos, a vacinação ocorreu de sábado a segunda-feira, no Centro Administrativo Municipal, das 8h às 18h.

A vacinação deste público segue a nova recomendação do Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19, divulgado pelo Ministério da Saúde, que contempla os idosos com idade mais avançada.


*Matéria atualizada às 19h34 para acréscimo de informações. 

 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »