29/01/2021 às 10h25min - Atualizada em 29/01/2021 às 10h25min

Datas para pagamento do IPTU 2021 são divulgadas em Uberlândia

Contribuintes podem receber desconto de até 10%, caso optem pelo pagamento à vista; interessados também podem parcelar imposto em até seis vezes

DA REDAÇÃO
A Prefeitura de Uberlândia divulgou nesta quinta-feira (28), através do Diário Oficial do Município (DOM), as datas de pagamento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) 2021. A previsão é que os carnês cheguem aos contribuintes na primeira semana de fevereiro, segundo a assessoria de comunicação da Prefeitura.

Os contribuintes que optarem por pagar à vista podem obter descontos de 10%, 8% ou 5% no valor do imposto. Conforme explicado no DOM, para receber o desconto de 10%, os interessados devem quitar o imposto até o dia 10 de março. Na primeira publicação com as orientações do IPTU, feita na última terça-feira (26), a data para conseguir o benefício era no dia 26 de fevereiro, mas o município estendeu a data, visando proporcionar maior tempo para a chegada dos boletos.

Para conseguir o desconto de 8%, os contribuintes devem pagar o imposto até o dia 31 de março. Já para obter o desconto de 5%, os interessados precisam quitar o pagamento até 16 de abril.

Aqueles que realizarem o pagamento à vista após o dia 30 de abril terão um acréscimo de juros equivalentes à taxa referencial do Sistema Especial de Liquidação e Custódia (Selic), além de multa.

O IPTU também pode ser pago em seis parcelas com os seguintes vencimentos: 30/04, 31/05, 30/06, 30/07, 27/08 e 30/09. O pagamento das parcelas após o vencimento também resulta no acréscimo de juros e multa. O valor do imposto que é inferior a R$ 82,74 não poderá ser parcelado.

Os contribuintes têm o direito de alterar a data das parcelas, caso seja necessário. É possível mudar a data de vencimento dos carnês para os dias 3, 8, 12, 18, 23 ou 28 de cada mês.

Para realizar a alteração, o responsável deverá comparecer à Prefeitura de Uberlândia, na plataforma de atendimento, e apresentar os seguintes documentos: cópia da matrícula atualizada do imóvel, cópia autenticada dos documentos pessoais e cópia de comprovante de residência.

Caso o contribuinte não receba o carnê em casa, é possível consultar o valor e imprimir o boleto através do site da Prefeitura
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »