22/01/2021 às 09h05min - Atualizada em 22/01/2021 às 09h05min

Ebserh abre processo seletivo para contratações temporárias no HC-UFU

Empresa está autorizada a contratar médicos temporariamente por conta da pandemia; inscrições vão até 27 de janeiro

IGOR MARTINS
Ebserh está autorizada a contratar profissionais temporariamente por conta da pandemia | Foto: Arquivo Diário de Uberlândia
A Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), responsável pela administração do Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (HC-UFU), reabriu as inscrições para a contratação temporária de médicos, visando o combate à pandemia da Covid-19. No total, serão realizados três Processos Seletivos Emergenciais (PSE).
 
As inscrições podem ser realizadas pela internet, através do site oficial da Ebserh. O prazo limite é até 12h do dia 27 de janeiro. No ato da inscrição, o candidato deve anexar o currículo, diploma e a documentação comprobatória dos títulos e da experiência profissional a serem pontuados.
 
As oportunidades para trabalhar temporariamente no HC-UFU estão abertas para médicos das seguintes especialidades: clínica médica, medicina de emergência, medicina intensiva, medicina do trabalho, ginecologia e obstetrícia, infectologia, nefrologia, neonatologia, pneumologia, radiologia e diagnóstico por imagem, além de médico plantonista.
 
De acordo com os documentos dos PSEs, os resultados finais serão aferidos pelo somatório dos pontos obtidos nas avaliações. O resultado final de todos os processos seletivos será divulgado no dia 29 de janeiro, às 18h, também no site da empresa.
 
FLEXIBILIZAÇÃO
No mês passado, o Senado aprovou por unanimidade um projeto que permite a contratação emergencial de pessoal pela Ebserh, levando em consideração o contexto atual da saúde pública vivida no país. Em outubro de 2020, o Diário noticiou a indignação de profissionais que foram aprovados no concurso público para atuarem no HC-UFU, mas ainda não foram convocados. As inscrições para os novos processos seletivos geraram dúvidas entre os aprovados.
 
Com o projeto aceito no Plenário, a lei do Programa Federativo de Enfrentamento ao Coronavírus, sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro em maio de 2020, sofreu alterações. A norma estipula algumas regras no que tange a contratação de pessoal.
 
A Lei Complementar nº 173 diz que a União, os Estados e os municípios afetados pela calamidade pública decorrente da pandemia da Covid-19 ficam proibidos, até 31 de dezembro deste ano, de admitir ou contratar pessoal, a qualquer título, com exceção de posições de cargos de chefia, de direção e de assessoramento que não acarretem aumento de despesa, bem como as contratações temporárias.
 
A Ebserh esclareceu, por meio de nota enviada ao Diário, que está impedida de realizar novas contratações por meio do último concurso público. Por outro lado, para o combate à Covid-19, a empresa tem autorização do Governo Federal para a contratação temporária de aproximadamente 6 mil profissionais, visando exclusivamente o combate ao coronavírus, a depender da demanda e necessidade em Uberlândia.



 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »