29/11/2020 às 09h00min - Atualizada em 29/11/2020 às 09h00min

Uberlândia é a 4ª cidade de MG com maior número de registros no Disque Denúncia 181

Cidade já registrou mais de 40 mil denúncias em treze anos; principais ocorrências são de tráfico de drogas e foragidos da Justiça

BRUNA MERLIN
Denúncia é feita de forma sigilosa ao denunciante | Foto: Agência Minas Gerais/Divulgação
Em treze anos de atuação, o Disque Denúncia Unificado (DDU) já registrou 40.769 denúncias em Uberlândia. O índice coloca a cidade na 4ª posição entre as cidades com maior número de registros em Minas Gerais. O serviço, que é disponibilizado em todo o estado, recebe ocorrências de diversos tipos através do 181 e com sigilo total do denunciante. 

O DDU é um sistema integrado entre as polícias Militar e Civil, além do Corpo de Bombeiros. Segundo o delegado-chefe da Polícia Civil de Uberlândia, Marcos Tadeu de Brito, todas as denúncias são direcionadas à Belo Horizonte onde são analisadas e classificadas de acordo com a unidade operacional das três corporações que irão adotar as providências necessárias para resolver o caso.

De janeiro e outubro deste ano, já foram registradas 2.630 denúncias originadas de Uberlândia. Conforme dito por Marcos Tadeu, as principais se tratam de tráfico de drogas, pessoas foragidas da Justiça, porte ilegal de arma de fogo e munições, violência doméstica e crimes ambientais. 

“Quando as informações da denúncia chegam até os órgãos competentes da cidade do fato, nós temos até 90 dias para respondê-la. O denunciante, mesmo não se identificando, receberá um acesso para acompanhar o andamento da denúncia”, explicou.

Ainda de acordo com o delegado-chefe, o serviço do Disque Denúncia Unificado consiste em um trabalho mais detalhado em apurar e investigar as denúncias recebidas, o que difere do 190 que é o contato de emergência da Polícia Militar (PM). 

“O objetivo do DDU é investigar denúncias que não necessitam de uma ação tão imediata como, por exemplo, uma pessoa confirmou que um foragido da Justiça está morando no mesmo prédio que ela. Ou que existe um imóvel que está com problemas na estrutura. Caso a ocorrência seja de cunho imediato como, por exemplo, uma violência doméstica que está acontecendo naquele instante, o denunciante deve acionar o 190”, complementou Marcos Tadeus. 

COMO DENUNCIAR
Para denunciar, basta ligar, gratuitamente, para o número 181. O Disque Denúncia funciona com uma central de atendimento unificada, formada por profissionais treinados e capacitados que trabalham em regime de 24 horas para atender à população. 

Tudo é feito de forma anônima, sendo assim, o denunciante não precisa se identificar ou repassar outros dados pessoais. Para denunciar uma ocorrência basta informar detalhes sobre o fato e o endereço de onde ele aconteceu. 



 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »