15/11/2020 às 15h11min - Atualizada em 15/11/2020 às 18h01min

Dois candidatos a vereador já foram presos fazendo boca de urna em Uberlândia

Eles foram levados à Polícia Federal e responderão por crime eleitoral; nomes não foram divulgados

DA REDAÇÃO
Presos foram levados em sala da PM anexa à Delegacia Polícia Federal de Uberlândia | Foto: Diário de Uberlândia

Dois candidatos a vereador de Uberlândia foram presos neste domingo (15) fazendo boca de urna. Um dos candidatos, de 57 anos, foi flagrado abordando pessoas e entregando santinhos. A segunda prisão foi realizada no bairro Tibery, na rua Roma, por volta das 14h30 e o candidato, de 59 anos, também fazia boca de urna. 

Os dois foram detidos em flagrante e encaminhados à Polícia Federal. Os políticos assinaram um Termo Circunstancial de Ocorrência (TCO) e foram liberados em seguida, mas vão responder por crime eleitoral. Os nomes dos candidatos não foram divulgados pelas autoridades.

PROPAGANDA IRREGULAR
Uma terceira pessoa, do sexo masculino, foi detida no bairro Santa Mônica, também nesta tarde, com o carro adesivado e trafegando nas proximidades de um local de votação. Ele foi conduzido até a delegacia pela prática de propaganda irregular, cuja pena pode acarretar pagamento de multa.

COMPRA DE VOTOS
A Polícia Militar (PM) também registrou uma ocorrência referente a uma denúncia de compra de votos na Escola Municipal Luiz Rocha e Silva, no bairro Tubalina. Segundo o boletim de ocorrência, fiscais do partido Democracia Cristã (DC) estariam abordando eleitores ainda indecisos sobre a votação e conduzindo até a seção eleitoral oferecendo uma quantia em dinheiro.

A denúncia foi feita por fiscais do partido PSC, que ao notar a situação, fez uma abordagem com a representante do DC e chamou a polícia. Ainda segundo as informações apuradas pela PM, também houve uma discussão envolvendo um outro fiscal, que questionava a abordagem feita pelo fiscal do PSC à mulher. 

O Diário de Uberlândia tentou contato com o presidente do diretório municipal do DC, Ronaldo Alves, mas as ligações não foram atendidas. 

A reportagem tentou mais detalhes sobre as quatro ocorrências policiais, porém a informação é de que uma entrevista deverá ser concedida pelas autoridades policiais ainda nesta segunda (16) com o balanço das ocorrências eleitorais. Até o final da tarde, haviam seis ocorrências registradas com oito pessoas conduzidas, incluindo os dois candidatos a vereador, pelo crime de boca de urna. 


Acompanhe aqui a cobertura das eleições em Uberlândia.



 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »