06/11/2020 às 08h42min - Atualizada em 06/11/2020 às 09h48min

Detento morre após ser enforcado com lençol no pátio do presídio em Uberlândia

Outro preso teria utilizado o material para pendurar a vítima na grade e asfixiá-la durante um banho de sol

DA REDAÇÃO
Um detento de 33 anos foi assassinado nesta quinta-feira (5) no pátio do Presídio Professor Jacy de Assis em Uberlândia. A vítima foi asfixiada por outro preso com um lençol.
 
De acordo com a polícia penal, os detentos estavam tomando banho de sol quando um grupo começou a aglomerar perto da grade do pátio. Diante da situação,os agentes dispersaram os presos e viram a vítima caída no chão.
 
As testemunhas informaram que um dos detentos utilizou um lençol para pendurar a vítima na grade e enforcá-la. Disseram ainda que outros presos fizeram a aglomeração para tentar disfarçar a ação.
 
O corpo do detento foi retirado do local e encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML). O caso foi encaminhado para a Polícia Civil que irá investigar o que motivou o crime.


SEJUSP
Em nota, a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), por meio do Departamento Penitenciário de Minas Gerais (Depen-MG), informou que a vítima se trata de Davi Caetano de Oliveira, de 33 anos, que foi encontrado pelos policiais penais pendurado na grade do pátio com um lençol amarrado ao pescoço e sem os sinais vitais.

A direção da unidade prisional instaurou investigação preliminar para apurar as circunstâncias da morte e todos os detentos do pavilhão 2 serão ouvidos. A Polícia Militar (PM) também foi acionada e registrou a ocorrência. 

A Sejusp e o Depen-MG ressaltam ainda que todas as medidas legais serão tomadas para apurar as responsabilidades e a autoria do ocorrido, com a devida punição dos autores do fato e verificação de possíveis desvios de conduta praticados neste ato.
 

 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »