11/10/2020 às 11h50min - Atualizada em 11/10/2020 às 11h50min

​Obra de trevo no Anel Viário Sul busca dar mais segurança a motoristas

Investimento de R$ 5 milhões conta com retorno e três rotatórias na LMG-503 em Uberlândia

DA REDAÇÃO
Obras devem ser concluídas até final de dezembro deste ano | Foto: Divulgação
O trevo que está sendo construído na LMG-503, o Anel Viário Sul, vai facilitar o trânsito para motoristas que, durante anos, arriscam a vida para acessar, de forma improvisada, bairros como Laranjeiras, Granada, e a Ponte de Arame, na zona rural de Uberlândia, onde fica a Cachoeira Bom Jardim. 

Em um investimento de R$ 5 milhões e com cerca de 1 km de extensão, o trevo conta com um retorno e três rotatórias e faz parte de um consórcio entre seis loteadoras e construtoras com áreas naquele ponto da cidade. A previsão é de que as obras sejam finalizadas até dezembro deste ano. 

O comerciante Mazildson Arantes é morador do bairro São Jorge há 20 anos e usa o Anel Viário Sul diariamente. Ele contou que o fluxo de carros é intenso, principalmente durante a manhã e no fim tarde e o novo trevo vai dar rapidez ao trânsito. “A gente precisa esperar muito pra entrar na pista e já vi muito acidente por ali. Quando tem aula nas faculdades da zona sul, fica ainda pior, porque os estudantes preferem ir pela rodovia. Esse trevo vai ser ótimo”, afirmou o comerciante.

Um dos pontos mais beneficiados com a obra é o loteamento Bem Viver Uberlândia 2, já em construção no cruzamento com a avenida Vereador Carlito Cordeiro, em fase final de asfaltamento e com 80% dos terrenos vendidos. 

O asfalto contempla, inclusive, o prolongamento da avenida Carlito Cordeiro, que futuramente deve levar a outros três empreendimentos.  “É feita uma análise do tráfego para um volume futuro de carros e um estudo de acessos, porque essa região liga à cidade, à rodovia e à zona rural e passa muito carro. Com os novos loteamentos, vai aumentar ainda mais o movimento”, disse Gerson Gomes, engenheiro da ITV Urbanismo, uma das empresas consorciadas e responsável pelo Bem Viver Uberlândia 2.
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »