29/09/2020 às 13h02min - Atualizada em 29/09/2020 às 13h02min

Onda de calor pode elevar temperatura a quase 40°C em Uberlândia

Cidade não deve registrar chuvas pelo menos até 12 de outubro, aponta climatologista

DHIEGO BORGES
No último domingo, termômetros registraram 38,8°C na região, segundo o Inmet | Foto: Arquivo/Diário de Uberlândia

Uberlândia pode registrar temperaturas próximas aos 40°C nesta semana. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), uma onda de calor que se estabelece no Triângulo Mineiro e regiões sudeste e centro-oeste deve deixar o clima ainda mais quente até o final de semana, com até cinco graus acima da média.

A meteorologista do Inmet, Anete Fernandes, disse que o aumento das temperaturas é comum para esta época do ano. “Com a passagem do inverno para a primavera são registradas as maiores temperaturas, pois este é um período seco com vários meses consecutivos sem registros expressivos de chuvas e predomínio de céu claro. Nesses dias, notamos um centro de alta pressão prevalecendo sobre o Brasil, em sua maior parte concentrada nas regiões centro-oeste e sudeste”, destacou.

De acordo com as informações do Inmet, houve uma elevação gradual dos termômetros desde o último fim de semana. “A região atingiu um patamar de 35°C na sexta-feira. No sábado, os termômetros registraram uma média de 38,6°C e no domingo 38,8°C. Nesta semana, a temperatura deve subir mais e a tendência é que essa onda de calor se espalhe para várias regiões de Minas Gerais”, afirmou.

O Inmet também prevê que o clima continuará quente nos próximos dias com máximas de 39°C no fim de semana na cidade. O climatologista da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), Paulo Cezar Mendes, também adiantou que as temperaturas continuarão altas inclusive durante as madrugadas, com 
mínimas de 20°C.

Ainda segundo o climatologista, o clima seco e quente deve prevalecer até a primeira quinzena de outubro e, ao menos até 12 de outubro, não há previsão de chuvas. A umidade relativa do ar pode atingir a mínima de 10%, que pode ser comparada ao clima das regiões de deserto.

“Outubro como um todo é considerado o mês mais quente do ano e, como já estamos no fim de setembro, podemos notar um aumento da temperatura. Nesse período é comum a nossa região ficar sob a atuação de massas de ar quentes e secas, que impedem a formação de nuvens de chuva. A temperatura tende a cair a partir da segunda quinzena de outubro, com a convergência intertropical que faz com que haja mais umidade”, destacou.
 
PREVISÃO DO TEMPO

Terça (29): céu claro; máxima de 38°C e mínima de 22°C
Quarta (30): céu com poucas nuvens; máxima de 38°C e mínima de 23°C
Quinta (1º): céu com poucas nuvens; máxima de 38°C e mínima de 22°C
Sexta (2): céu com poucas nuvens; máxima de 39°C e mínima de 22°C


 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »