02/09/2020 às 12h08min - Atualizada em 02/09/2020 às 12h08min

Grupo sul-coreano do ramo de alimentos anuncia instalação de matriz em Uberlândia

Transferência de escritório pode gerar até 100 vagas de emprego na cidade, segundo a CJ Selecta

DA REDAÇÃO
Anúncio foi feito na sala de reuniões do gabinete do prefeito nesta manhã (2) | Foto: Valter de Paula/PMU/Divulgação
Os representantes da CJ Selecta, subsidiária no Brasil do grupo sul-coreano Cheil Jedang (CJ), anunciaram, na manhã desta quarta-feira (2), a transferência da matriz em Goiânia (GO) para Uberlândia. Com o novo escritório, localizado no Uberlândia Business Tower, no bairro Tiberya empresa planeja transferir e abrir entre 80 e 100 novos postos de trabalho na cidade.

O grupo atua no setor de processamento de soja e produção de ingredientes para alimentos e rações. O grupo Cheil Jedang também já atuava em Uberlândia por meio da sede de sua subsidiária em logística, a CJ Logística.

De acordo com o CEO da subsidiária, Guilherme Tancredi, a transferência faz parte de um plano estratégico do grupo, por acreditar que o município oferta mais condições para expansão dos negócios, tanto na região Sudeste quanto no Centro-Oeste do Brasil.

Além disso, reforçou sobre os objetivos com as novas instalações em solo mineiro. “A CJ tem como objetivo praticar a gestão voltada para o consumidor com o DNA da mudança e da inovação, ser uma empresa global de estilo de vida, capaz de criar saúde, alegria e conveniência”, disse.

CJ GROUP
Criado na década de 1990, o CJ Group originou-se de uma empresa aberta pelo Grupo Samsung em 1953 para produzir farinha e açúcar, a Cheil Jedang (que, em tradução livre do coreano, significa “primeira manufatura de açúcar”). Como empresa independente, o grupo CJ cresceu em sua atuação global, estando hoje presente em 18 países por meio de subsidiárias atuantes nas áreas de home shopping, logística, biotecnologia, produtos farmacêuticos, entretenimento, mídia, alimentação e serviços de alimentação.

Ao adquirir a Selecta em 2017, o conglomerado sul-coreano criou a CJ Selecta, tornando a empresa, fundada em 1984 para produção de grão e semente de soja, uma das principais fabricantes de proteínas vegetais sustentáveis para a indústria de ração animal no Brasil e exterior, além de fornecer ingredientes para a alimentação humana. A receita anual da subsidiária é calculada em 18,75 bilhões de dólares.

 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »