25/07/2020 às 08h30min - Atualizada em 25/07/2020 às 08h30min

Lixos recolhidos pela coleta seletiva aumentam 5% no primeiro semestre em Uberlândia

De janeiro a junho de 2020, foram recolhidos mais de 1,2 toneladas de resíduos; ampliação do serviço gerou cerca de 70 novos postos de trabalho

DA REDAÇÃO
Ecocaminhão recolhe materiais como papel, papelão, plástico, vidro e metal, uma vez por semana nas ruas dos bairros atendidos | Foto: PMU/Divulgação
Nos primeiros seis meses deste ano, a coleta seletiva em Uberlândia aumentou em 5% a quantidade coletada em comparação ao mesmo período de 2019. De janeiro a junho de 2020, o serviço recolheu 1.236.877 kg de resíduos recicláveis, o que significa um acréscimo de 59 mil kg. 

A destinação correta do material reciclável, que deve ser separado do lixo convencional, contribui para a preservação ambiental e maior vida útil do aterro sanitário. O serviço da coleta seletiva recolhe resíduos de residências, empresas, comércios, entre outros. 

A reciclagem é simples e inicia-se com a separação adequada por parte da população. O ecocaminhão recolhe materiais como papel, papelão, plástico, vidro e metal, uma vez por semana nas ruas dos bairros atendidos. Na região central, o caminhão passa diariamente. Material engordurado, embalagens de isopor, luvas e máscaras descartáveis não devem ser destinadas à coleta seletiva.

O setor de Resíduos Sólidos Dmae explica que a adesão do serviço atinge de forma positiva a criação de postos de trabalho. Desde o início do ano, foram geradas novas oportunidades de trabalho e renda para cerca de 70 catadores.

 

Mês

2019

2020

Janeiro

219.979 kg

229.878 kg

Fevereiro

181.329 kg

180.799 kg

Março

183.661 kg

218.844 kg

Abril

200.218 kg

201.364 kg

Maio

214.441 kg

195.772 kg

Junho

177.961 kg

210.220 kg

 

AMPLIAÇÃO
Neste ano, a ampliação da coleta seletiva iniciou-se em março com dois novos bairros, Tubalina e Marta Helena. Mas, com a pandemia do coronavírus as ações de conscientização para a implantação em novas localidades foram paralisadas por medida de segurança.

Os próximos 14 bairros que passarão a contar com a coleta seletiva são: Planalto, Chácaras Tubalina e Quartel, Altamira, Morada da Colina, Jardim Inconfidência, Pacaembu, Santa Rosa, Maravilha, Lagoinha, Carajás, Pampulha, Nossa Senhora das Graças, Parque Residencial Camaru e Jardim Botânico.


VEJA TAMBÉM:



















 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »