17/07/2020 às 11h32min - Atualizada em 17/07/2020 às 12h11min

Ex-presidente da OAB Uberlândia morre após disparo acidental de arma de fogo

Fato ocorreu em uma fazenda na BR-050, entre Uberlândia e Uberaba; esposa disse que ele estava tentando alcançar o interruptor de luz quando o tiro aconteceu

DA REDAÇÃO
O ex-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Uberlândia, Roberto Matos de Brito, morreu aos 70 anos na madrugada desta sexta-feira (17) após ter sido atingido por um disparo acidental de arma de fogo. O fato ocorreu em uma fazenda localizada na BR-050 entre as cidades de Uberlândia e Uberaba. Ele deixa a esposa e três filhos.

O Corpo de Bombeiros de Uberlândia foi acionado pela esposa de Roberto por volta das 2h. Ao chegarem no local, os militares se depararam com ele caído no chão próximo a uma cama com uma perfuração no tórax, causada pelo tiro. Ele já estava sem os sinais vitais. 

A Polícia Militar (PM) e a perícia da Polícia Civil de Uberaba também foram acionadas. Segundo a esposa da vítima, eles estavam deitados quando o advogado tentou alcançar o interruptor para apagar a luz e ocorreu o disparo. A testemunha também disse que uma arma estava em cima do criado mudo ao lado da cama próximo ao interruptor. 

Durante os trabalhos, os peritos encontraram um revólver debaixo da cama com um cartucho deflagrado. Os profissionais acreditam que Brito possa ter esbarrado na arma que caiu no chão e disparou contra ele. 

O revólver foi apreendido e o corpo da vítima foi removido até o Instituto Médico Legal (IML). 

CARREIRA

Roberto Matos de Brito completou a graduação na Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e concluiu a pós-graduação em Direito Societário pela Fundação Getúlio Vargas no Rio de Janeiro. Entre os anos de 1998 e 2000 ele assumiu a presidência da 13ª Subseção da OAB , além de ocupar o cargo de conselheiro seccional da seção de Minas Gerais da OAB entre 2001 e 2003. 

A OAB Uberlândia emitiu uma nota de pesar sobre a morte do ex-presidente e declarou luto oficial de três dias em reconhecimento ao trabalho prestado à advocacia da cidade. O velório será realizado na sede da organização, localizada na avenida Rondon Pacheco, mas o horário ainda não foi definido. O sepultamento está agendado para acontecer às 17h no Cemitério São Pedro. 

 

 










 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »