07/07/2020 às 08h15min - Atualizada em 07/07/2020 às 08h15min

UFU vai adotar medidas restritivas de acesso em dois campi em Uberlândia

Santa Mônica e Educação Física terão aferição de temperatura na portaria e uso obrigatório de máscaras

DA REDAÇÃO

A partir da próxima segunda-feira (13), a Prefeitura Universitária da Universidade Federal de Uberlândia (Prefe/UFU) vai adotar novos procedimentos para o acesso aos campi Santa Mônica e Educação Física. A iniciativa leva em consideração as novas recomendações do Comitê Municipal e da UFU, referentes às ações de enfrentamento à Covid-19.

Segundo o prefeito universitário, João Jorge Damasceno, a adoção de medidas restritivas mais severas foi necessária, visto que foi percebido o uso dos espaços de ambos os campi como áreas de lazer, sem a necessária utilização de equipamentos de proteção, como máscaras e sem o cumprimento do distanciamento social.

Desta maneira, as entradas de pedestres e de carros no campus Santa Mônica serão realizadas, exclusivamente, por meio da portaria da avenida João Naves de Ávila, enquanto que no campus Educação Física, a entrada acontecerá na portaria da rua Benjamin Constant. Os dois campi estarão abertos de segunda a sexta-feira, das 6h às 17h, e aos sábados, das 6h às 13h. Os locais não vão abrir aos domingos e feriados.

As medidas tomadas incluem a aferição de temperatura corporal em todos os indivíduos que quiserem entrar nos campi, incluindo pedestres e os ocupantes de veículos. De acordo com Damasceno, caso a temperatura corporal seja superior a 38ºC, a pessoa será informada sobre a sua condição e lhe será indicada a necessidade da procura de agentes de saúde.

João Jorge informou ainda que a prefeitura universitária está adquirindo termômetros para atender aos demais campi, inclusive os fora de Uberlândia. "No Umuarama, a dificuldade de adotar medidas idênticas é grande, por se tratar de um campus semiaberto, com vários pontos de acesso. Em relação aos demais campi, estamos estudando a adoção de medidas similares às do Santa Mônica e do Educa", disse Damasceno.

Para o ingresso aos campi durante os horários de não funcionamento, os servidores, estudantes ou colaboradores deverão dispor de autorização expressa dos diretores de Unidades Acadêmicas ou Administrativas, encaminhada previamente à Divisão de Vigilância (Divig/UFU).

O procedimento inclui, também, o uso de máscaras, além de recomendar a higienização de mãos e braços e o distanciamento de dois metros, em relação a outras pessoas. “Esperamos que a própria comunidade se autofiscalize e, em casos extremos, relate à nossa equoipe de segurança”, concluiu o prefeito universitário.



























 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »