04/07/2020 às 09h30min - Atualizada em 04/07/2020 às 09h30min

Alunos da UFU participam de competição nacional com projetos de empreendedorismo

Evento reúne estudantes de 120 universidades de todo o país; graduandos da UFU concorrem a vaga na competição mundial

BRUNA MERLIN
Time Enactus UFU existe desde 2015 e conta com 21 membros de diversos cursos de graduação | Foto: Divulgação
Alunos de diversos cursos de graduação da Universidade Federal de Uberlândia (UFU) irão representar a instituição no Evento Nacional Enactus Brasil (Eneb) 2020. Os graduandos, que fazem parte do Time Enactus UFU, apresentarão projetos sociais idealizados por eles mesmos durante uma competição entre universidades de todo o país.

O evento, realizado pela Enactus Brasil, reúne estudantes, professores e empresários em uma rede de colaboração, conhecimento e competição. O Eneb oferece espaço para que times de universitários apresentem os resultados de trabalhos comunitários realizados ao longo do ano. Entre as atividades do evento estão a disputa e apresentação dos projetos, além de momentos de integração com empresas parceiras, que se conectam com os alunos por meio de palestras e oficinas.

A Enactus está presente em 37 países e mais de 72 mil discentes de todo o mundo participam do evento que conta com etapas nacionais e mundiais. No Brasil, 120 universidades públicas e privadas fazem parte do programa com alcance internacional.

PROJETOS
Os 21 membros do time da UFU, que existe desde 2015, entram na disputa com dois projetos criados por eles mesmos e que foram destinados a comunidades em situação de vulnerabilidade.

Um deles é o Brad&Bug, realizado desde 2017, que já passou por três comunidades levando uma solução de fertilizante orgânico aos pequenos produtores rurais. “O produto é feito a partir do excremento de um besouro chamado Tenebrio molitor. Apresentamos essa solução às pessoas que não têm muito conhecimento sobre as alternativas orgânicas e sobre quais as vantagens que elas trazem para a plantação e saúde”, explicou o aluno de engenharia mecânica e presidente do time, Bruno Souza Vasconcelos.

Produção de fertilizante orgânico através de um besouro foi implantado em diversas comunidades da cidade | Foto: Divulgação

O segundo projeto, denominado de Aroeiras, está sendo realizado no bairro Shopping Park desde setembro do ano passado com o grupo de mulheres Casa Fraterna. A ação baseia-se em levar conhecimento e oportunidade sobre costura para que elas tenham a chance de empreender e gerar renda com a atividade.

“Ele ainda está na fase da implementação. Íamos começar o treinamento das mulheres em abril deste, mas não foi possível devido à pandemia do coronavírus. Mas, já temos toda a parte financeira, arrecadada através de rifas online, para realizar a compra de materiais e outras ferramentas para elas”, complementou Bruno. 

EMPREENDEDORISMO SOCIAL
O presidente do Time Enactus UFU explica que as ações não se resumem apenas em atividades de assistência social e sim em oportunidades para transformar a comunidade em um local de empreendedorismo. Tudo é pensado e planejado junto aos moradores para que eles demonstrem suas necessidades e consigam, após um tempo, dar continuidade ao projeto sem a interferência dos alunos.

“Nós somos o primeiro apoio e abrimos as portas para essas pessoas levando informação e recursos. Acompanhamos o projeto de perto com a comunidade por cerca de dois ou três anos e, depois disso, o ideal é que a comunidade caminhe com as próprias pernas sem depender da gente”, detalhou o graduando.

O projeto é desenvolvido a partir das reais necessidades e vontades dos moradores ou de um grupo da comunidade. Segundo Bruno Souza, o primeiro passo é realizar uma pesquisa de conhecimento e, em seguida, traçar possíveis ideias para investimento que se encaixam nos caráteres social, econômico e ambiental.

“Um exemplo disso é o projeto Aroeiras. Realizamos uma pesquisa com as mulheres e a maioria disse que já tinha conhecimento sobre costura e que gostaria de aprimorar para tornar essa atividade uma fonte de renda. Sendo assim, elaboramos um projeto social, econômico e ambiental já que estamos incentivando o uso de resíduos têxteis vindos de confecções da cidade”.

IMPORTÂNCIA 
Para o professor do Instituto de Geografia e conselheiro do Time Enactus UFU, Sylvio Luiz Andreozzi, o Eneb é de extrema importância para a formação dos alunos que fazem parte do grupo. Além de participarem de uma competição mundial e receberem visibilidade, os discentes têm a oportunidade de relacionarem seus nomes e da universidade a projetos sociais que melhoram a vida de muitas pessoas.

“Participar de um projeto assim abre muitas portas a esses jovens que trabalham bastante para ajudar aqueles que mais necessitam. É um trabalho muito bonito e que é reconhecido por muitas empresas e agentes do mercado social”, ressaltou.

ENEB 2020
Neste ano, em razão da pandemia da Covid-19, o Eneb será realizado virtualmente. O evento será transmitido por meio de lives e todos os encontros, palestras, oficinas e apresentações de projetos serão feitos de forma remota.

Durante o evento, no momento da competição, os times se apresentam e são avaliados por uma banca de juízes composta por CEOs, líderes de negócios e profissionais experientes do mercado brasileiro. O Eneb acontecerá entre os dias 14 e 16 julho e o vencedor da fase nacional garante uma vaga na competição mundial. 


























 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »